CIRCUITO JUNINO

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Cirurgias ortopédicas são retomadas no Hospital Ferreira Machado

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
O Hospital Ferreira Machado (HFM) retomou as cirurgias ortopédicas após cerca de quatro meses com os procedimentos suspensos. De acordo com o diretor da unidade, o médico Pedro Ernesto Simão, em média, seis cirurgias da especialidade estão sendo feitas diariamente em pacientes internados e também nos que aguardavam há meses.

Pedro Ernesto enfatizou que em 26 dias da nova gestão, as melhorias na unidade são significativas, principalmente com relação ao abastecimento de materiais e na reorganização das equipes. Segundo ele, o objetivo é fazer com que o hospital volte a ser referência de excelência em qualidade no atendimento à população.

“Após as mudanças que temos realizado com total apoio do prefeito Rafael Diniz, começamos a fazer as cirurgias ortopédicas e também as marcações de acordo com a gravidade de cada caso, respeitando os critérios técnicos e de chegada. Todos os pacientes serão informados sobre a data e o horário da operação. As cirurgias gerais que não são de emergência também estão sendo realizadas, dentro das nossas possibilidades de vagas e em breve, estaremos fazendo também os procedimentos neurocirúrgicos”, disse o diretor do HFM.

Pedro Ernesto ressaltou, ainda, que há alguns anos todos os pacientes que passavam por operação no Ferreira Machado tinham muitas dificuldades para revisão, para troca de curativos e para a retirada de pontos. Segundo ele, atualmente, todo paciente operado na urgência ou na rotina passa por revisão no ambulatório e recebe encaminhamento.

“As mudanças realizadas desde o primeiro dia de mandato do prefeito são nítidas tanto para os servidores quanto para a população. Somente nos dois primeiros dias de cirurgia ortopédica foram usados cerca de R$ 67 mil de material. Agora as cerca de 50 pessoas que aguardam em longas filas de espera por cirurgias sabem que serão operadas”, destacou.

O Hospital Ferreira Machado é responsável pelo atendimento de traumas dos municípios de São Fidélis, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, além de cobrir todas as demandas de acidentes que acontecem na BR-101.








Fonte: Secom