quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Adolescente torturada escapa da morte e pai de suspeito é assassinado

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A Polícia Civil investiga um caso que relaciona o sequestro e tortura de uma adolescente no Canto de Lolita, no conjunto habitacional do Parque Santa Rosa, e o homicídio de um homem na comunidade do Suvaco da Cobra, nas casinhas do Novo Eldorado, na manhã desta quarta-feira (28). Os crimes teriam sido praticados por integrantes de facções rivais do tráfico de drogas de Guarus. 

A jovem, moradora do Suvaco da Cobra e que seria estuprada e morta no Santa Rosa, conseguiu escapar e ser resgatada por uma equipe da Polícia Militar, quando a guarnição realizava o patrulhamento de rotina. A equipe de reportagem foi orientada por policiais militares, por questões de segurança, a não entrar na área do crime, conhecida por rotineiros confrontos entre facções, realidade que não mudou com a intervenção federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro.

O caso da adolescente foi encaminhado para registro na 146ª Delegacia de Polícia (Guarus). Ela contou ter sido levada para o Parque Santa Rosa, por volta das 9h desta quarta-feira. Por volta das 10h, um homem, que seria pai de um dos envolvidos na agressão, foi morto a tiros na área das casinhas do Eldorado conhecida como Suvaco da Cobra.







Fonte: Folha da Manhã

Loja furtada no Centro de Campos

(Fotos: reprodução)
Uma loja de roupas, localizada na rua Conselheiro José Fernandes, no Centro de Campos, foi furtada na madrugada desta quarta-feira (28). Do local, dois homens e uma mulher levaram quatro caixas com diversas peças de roupas, computador, monitor e bijuterias. Um homem e uma mulher foram presos minutos após a ação, na rua Gil de Góis. O crime acontece no momento em que a segurança pública do Estado do Rio de Janeiro está sob intervenção federal.


Uma loja de roupas, localizada na rua Conselheiro José Fernandes, no Centro de Campos, foi furtada na madrugada desta quarta-feira (28). Do local, dois homens e uma mulher levaram quatro caixas com diversas peças de roupas, computador, monitor e bijuterias. Um homem e uma mulher foram presos minutos após a ação, na rua Gil de Góis. O crime acontece no momento em que a segurança pública do Estado do Rio de Janeiro está sob intervenção federal.

Segundo informações da proprietária, a ação foi por volta das 4h. Os assaltantes entraram no estabelecimento depois de forçarem a porta e estourarem o vidro, com a ajuda de uma escavadeira. Os três agiram rapidamente e foram filmados pelo sistema de monitoramento interno da loja. Todo o material foi recuperado. Das roupas, foram furtadas mais de 100 calças jeans, 50 shorts jeans e vestidos. Parte das peças ficou inutilizada devido a manchas de sangue.

Após saírem da loja, dois dos participantes foram presos pela Polícia Militar. O terceiro fugiu. Ainda nesta manhã, contou a proprietária, depois das prisões, três homens passaram em frente ao estabelecimento e fizeram ofensas verbais a ela.

A comerciante relatou que, na madrugada da última segunda-feira (26), outra loja da família, que funciona perto da sua, também foi alvo de ação criminosa, que foi filmada. Por volta das 4h, um homem entrou no local e furtou um monitor e uma gaveta com papéis. Segundo ela, o furto foi feito pelo homem preso nesta madrugada.





Fonte: Folha da Manhã

SJB: Prefeita Carla Machado retoma benefícios suspensos na gestão Neco

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A prefeita Carla Machado (PP) enviou ao Legislativo de São João da Barra projetos que foram aprovados em caráter de urgência, e por unanimidade, nesta quarta-feira (28). Eles tratam sobre a retomada de alguns benefícios que foram suspensos desde a gestão do ex-prefeito Neco (PMDB). Entre eles, a volta do programa de transferência de renda Cartão Cidadão, no valor mensal de R$ 300, e o Cartão Alimentação do servidor público, também de R$ 300. Ainda para os funcionários públicos, a Prefeitura vai conceder um auxílio transporte no valor de R$ 100, ao invés de viabilizar o retorno do vale para locomoção diária como era até o fim de 2016. Para os universitários, foi autorizada a locação de veículos para o transporte até a cidade de Campos — ainda sem detalhes sobre itinerários e horários. Também houve autorização para liberação de ajuda de custo aos atletas sanjoanenses.

(Foto: Marcelle Salgado)
A prefeita Carla Machado esteve na sessão que autorizou a retomada dos programas e projetos. Carla salientou as dívidas herdadas da gestão anterior, quitadas no ano passado, observando que sem esse pagamento não seria possível retomar os programas.


Nas primeiras sessões deste ano os vereadores, tanto governistas, quanto os de oposição, chegaram a solicitar à Prefeitura que viabilizasse o retorno dos programas sociais e benefícios que estavam suspensos desde o ano de 2016. Os cortes foram determinados pelo então prefeito Neco, no decreto de emergência econômica publicado em maio daquele ano. Vale lembrar que o ex-prefeito suspendeu os benefícios por decreto, enquanto o correto seria por um projeto de lei, já que foram criados desta forma. Em julho do ano passado, Carla enviou o projeto de suspensão, que foi aprovado pela maioria dos parlamentares.



No caso do cartão do servidor, a suspensão por lei só aconteceu após decisão do Tribunal de Justiça pela retomada imediata do benefício. O embate judicial não apresentou novidades até o momento. O auxílio voltará a ser pago no mês de março, assim como o Cartão Cidadão.







Fonte: Blog do Arnaldo Neto | Ascom Câmara 

Ações social e ambiental para o Cras Sabonete

(Fotos: divulgação)
Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de São João da Barra e Porto do Açu, por meio do programa de voluntariado AbrAÇU, desenvolveram nesta quarta-feira, 28, atividades ambientais e sociais para 60 crianças da praia do Açu, integrantes de famílias assistidas pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras Sabonete).

Houve soltura de filhotes de tartarugas, seguida de palestra de educação ambiental, distribuição de lanche e entrega de kits escolares contendo mochila, estojo, lápis, caneta e borracha, entre outros materiais, além de fraldas e lenços umedecidos para os bebês. A ação foi realizada na 1ª Igreja Batista do Açu.


– O Programa de voluntariado aproxima a empresa da comunidade, permitindo o conhecimento das condições de vida das pessoas no entorno do empreendimento, possibilitando a execução de ações como essa – declarou a coordenadora de Responsabilidade Social da Porto do Açu, Izabel Sousa.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Claudia Falcão, agradeceu a parceria com o Porto do Açu, destacando a importância das atividades para despertar o cuidado com o meio ambiente.

“Esse trabalho, além de integrar a família e incentivar o aprendizado, proporcionou aquisição de conhecimentos sobre o ambiente em que vivemos, para que haja responsabilidade e respeito entre o homem e a natureza”, disse Claudia, acrescentando que as atividades contribuíram também para a formação de valores.

Ana Paula Viana, residente no conjunto habitacional do Açu, relatou que sempre soube da existência de tartarugas na região, porém essa foi a primeira oportunidade de levar as crianças para conhecê-las e tocá-las. “As minhas filhas, de 6, 10 e 14 anos, ficaram encantadas com o trabalho de educação ambiental, e felizes com a entrega do kit escolar, que eu não teria condições financeiras para comprar”, comentou.

A coordenadora interina do Cras Sabonete, Josinea Ribeiro Bandeira do Nascimento, e servidores da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos participaram das Atividades. Funcionários voluntários do Porto do Açu, e técnicos responsáveis pelo Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas também estiveram presentes.






fonte: Ascom PMSJB

Blitz da Saúde movimentou a centro de São João da Barra

(Fotos: divulgação)
A Secretaria de Saúde de São João da Barra, por meio da coordenação do Programa de Combate à Hanseníase, promoveu nesta quarta-feira, 28, na Avenida Joaquim Tomaz de Aquino Filho, no centro da cidade, a Blitz da Saúde, lembrando o dia de combate à doença.

A ação contou com distribuição de adesivos para 150 veículos e de material informativo com orientações sobre sintomas e tratamento. A população ainda pôde aferir pressão arterial e realizar o teste de glicemia na tenda montada no local, totalizando 80 atendimentos.


De acordo com a coordenação do Programa, a ideia de blitz foi diversificar as atividades interativas com a população. “Já fizemos caminhada, diversas ações na Policlínica, mas buscamos sempre alternativas para levar a informação onde a população está e a receptividade dos motoristas foi muito positiva”, explicou o coordenador do Programa, João Filiphe Amaral.


A iniciativa da blitz reforça o compromisso do governo municipal em aumentar a atenção relacionada à prevenção, educação e controle da doença. Para o motorista Reginaldo de Oliveira, a ideia foi muito interessante, pois atingiu grande número de pessoas que circulam pela área central da cidade. “A proposta foi ótima, pois nem sempre a gente tem a oportunidade de estar indo com frequência às unidades de saúde para receber esse tipo de informação”, contou.

Se houver suspeita de hanseníase, o usuário deve se dirigir ao ESF da sua localidade para a primeira avaliação e poderá ser encaminhando à coordenação e ao especialista para dar início ao tratamento, no caso de resultado positivo. O médico do Programa de Combate à Hanseníase atende as terças-feiras, às 14h, na UMS de Barcelos, e não é necessário marcação de consulta. Os medicamentos e a assistência médica são fornecidos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e se encontram disponíveis em São João da Barra.

Hanseníase - É uma doença infectocontagiosa crônica, causada pelo Mycobacterium leprae. O seu tratamento é realizado através de medicamentos via oral. O diagnóstico da doença é clínico e pode ser complementado pela pesquisa do bacilo na pele. É fundamental que a doença seja reconhecida precocemente e que se institua o tratamento adequado com a poliquimioterapia (PQT), que leva à cura. Caso o tratamento seja tardio, podem ocorrer sequelas e incapacidades físicas.






Fonte: Ascom PMSJB

Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Folia em Grussai

(Foto: divulgação)
O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Grussaí realizou na terça-feira, 27, o “Cras folia – revivendo a alegria dos antigos carnavais”, na sede da unidade. O evento de caráter intergeracional, contou com usuários dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Idoso, da Criança e grupo de Mulheres.

Além de integrar diferentes gerações, o “Cras folia” também resgatou as marchinhas, para que as crianças também pudessem conhecer um pouco de como era o carnaval antigo. Além da folia, ainda tiveram brincadeiras e lanche para os participantes.

A diretora da unidade, Estela Márcia Gomes de Sá, comemorou o sucesso do evento. “É gratificante para nossa equipe ver os usuários participando das atividades. Esta é uma comunidade muito atuante, está sempre presentes nas reuniões, palestras e festividades aqui no Cras. Isso referencia ainda mais nosso trabalho”, destacou.

Para Délcia Gomes, a mais antiga integrante do SCFV, é importante contar com essas atividades. “Se fico sozinha em casa, fico triste. Aqui me distraio com os amigos, estou sempre participando de reuniões, passeios, ginástica e festas. Eu adoro estar aqui”, enfatizou.

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é a porta de entrada da Assistência Social, onde são oferecidos os serviços com o objetivo de fortalecer a convivência entre a família e a comunidade.

“Com a realização das atividades tiramos o idoso do isolamento. Ele tem a oportunidade de interagir com outros membros da comunidade criando novos vínculos”, explicou a assistente social Dilceia Pereira Gomes.







Fonte: Ascom PMSJB

Prefeitura de São João da Barra: Refis prorrogado até 29 de março


A Prefeitura de São João da Barra prorrogou até o dia 29 de março o Programa de Recuperação Fiscal (Refis), que concede até 90% de descontos em jutos e multas aos contribuintes em débito com o município até 31 de dezembro de 2016. Os interessados devem acessar o site da Prefeitura www.sjb.rj.gov.br ou comparecer ao Setor de Tributos, das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Além do desconto de 90% para o pagamento à vista, outras opções oferecidas são os parcelamentos. Em 6 vezes, a redução em juros e multas será de 60%. Parcelado em 12 vezes, o desconto será de 45% e, no parcelamento em 24 vezes, 30%. Para quem optar por 36 parcelas, o desconto em juros e multas será de 15%.

A prorrogação do prazo é mais uma oportunidade, de acordo com o secretário municipal de Fazenda, Allan Barcellos, para os contribuintes regularizarem os débitos. No endereço eletrônico www.sjb.rj.gov.br/cnd pode ser verificada a situação fiscal junto ao município.

– O Refis permite a quitação dos débitos de forma menos onerosa aos contribuintes e gera investimentos em setores como saúde, educação, infraestrutura e obras – explicou o secretário.

O contribuinte pessoa física deverá apresentar documento de identidade, CPF, número da inscrição municipal e comprovante de residência. Já pessoa jurídica, contrato social ou estatuto social e última alteração, CNPJ, inscrição municipal, documento de identificação, comprovante de residência dos sócios.




terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Procon notifica hotéis em irregularidades com lei de alimentação para diabéticos e celíacos

(Foto: divulgação)
Com o objetivo de fiscalizar o cumprimento da lei municipal 8.706/17,  que prevê que hotéis, pensões e pousadas de Campos disponibilizem alimentação apropriada para diabéticos e celíacos, a superintendência do Procon/Campos, durante os meses de janeiro e fevereiro, fiscalizou nove estabelecimentos.

Durante a fiscalização, foram emitidos autos de constatação e estabelecimentos receberam um prazo de cinco dias para se adequarem à lei.

O superintendente do Procon, Douglas Leonard, explica que os estabelecimentos que ofereçam hospedagem com café da manhã incluso no valor da diária devem se enquadrar à norma. Os estabelecimentos devem ainda afixar cartaz informando aos clientes sobre o direito dos portadores de diabetes e de doença celíaca (intolerância a glúten).

“Transcorrido o prazo concedido, os fiscais retornarão aos estabelecimentos para verificar o atendimento ao solicitado nos autos de Constatação”, disse Douglas.

Os produtos disponibilizados deverão ser servidos devidamente identificados. O estabelecimento flagrado em desacordo com a lei estará sujeito à multa de 150 Unidades Fiscais de Referência (Ufir). Em caso de reincidência, a multa será em valor dobrado.

“A superintendência do Procon/Campos ressalta o compromisso com aqueles indivíduos e grupos em situação de vulnerabilidade, como diabéticos e celíacos, de modo a garantir que o direito à diferença seja respeitado pelos produtores e fornecedores de bens e serviços. O “espírito” do Código de Defesa do Consumidor visa, nesse sentido, garantir que segmentos da sociedade com necessidades especiais sejam atendidos de acordo com suas particularidades”, frisou Douglas.






Homem alvejado a tiros em Atafona

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Uma troca de tiros terminou com um homem baleado por volta das 21h desta segunda-feira, 26, no Carrapicho, em Atafona, distrito de São João da Barra.

De acordo com informações da polícia, o homem identificado como Leilson Mata, de 18 anos, foi socorrido e encaminhado pelos familiares até a emergência da Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra e de lá foi transferido ao Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes.

A polícia faz buscas na tentativa de localizar o autor dos dois disparos que atingiram Leilson, sendo um na perna esquerda e outro braço direito.

A tentativa de homicídio foi registrada na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.







Fonte: Parahybano

Reforma administrativa: Alexandre Bastos e Fernando Leite assumem secretaria e subsecretaria de governo

(Foto: reprodução Facebook)
Com a reforma administrativa no Governo Rafael Diniz, o chefe de gabinete da Prefeitura de Campos, Alexandre Bastos, vai acumular a pasta do governo, em substituição a Fábio Bastos. Ele e o jornalista Fernando Leite vão ficar na subsecretaria de Governo. Com a mudança, o então subsecretário Jeovah Galeno, deixa o posto.

Fábio Bastos vai assumir também a superintendência de relações governamentais que vai atuar no planejamento e captação de recursos para o município.

Pelo menos é o assunto que está em alta nos bastidores da política de Campos, já que as novas mudanças ainda não foram publicadas em Diário Oficial.

Outra mudança acontecerá na Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social, onde o ex-candidato a prefeito de Campos, Rogério Matoso, assumirá uma função dentro da pasta.

A reforma administrativa teve suas primeiras ações ainda em dezembro de 2017, quando o então secretário de Transparência e Controle, Felipe Quintanilha, assumiu a secretaria de Desenvolvimento Econômico, no lugar de Victor Aquino, que deixou o governo.

Primeiras mudanças começaram em dezembro de 2017 (Arte: Elton Nunes)

Marcilene Daflon foi quem assumiu a pasta da Transparência e Controle. A Guarda Civil Municipal também sofreu alteração, com a substituição de Wylliam Carvalho Pacheco Bolckau para Fabiano Mariano, que era da superintendência de Postura.

No dia 11 de janeiro de 2018, Fabio de Azevedo Almeida assumiu a direção da Empresa Municipal de Habitação (Emhab), no lugar de José Amaro Almeida.

No final do mês de dezembro de 2017, Marcelo Rodrigues Sales assumiu a direção do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que era comandado por Jorgeamado Almeida.





Fonte: Terceira Via

1º Seminário para Gestores de Escolas de São João da Barra segue nesta terça

(Foto: divulgação)
O 1º Seminário para Gestores de Escolas de São João da Barra teve início nesta segunda-feira, 26, e segue na terça, 27, das 9h às 17h, no Cine Teatro São João. As palestras, inseridas no projeto “Eu conto com você”, têm a finalidade de conscientizar e direcionar os participantes a respeito de assuntos comuns no cotidiano escolar e que requerem certa prática para intervir, e mais do que isso, construir vínculos construtivos.

A abertura foi realizada pelo coordenador geral da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), Daniel Damasceno, que agradeceu aos diretores das 38 unidades escolares o trabalho de parceria, e enfatizou a importância do diálogo no contexto escolar, e a necessidade deles estarem preparados para proceder profissionalmente diante de situações conflituosas.

A palestra inicial destacou o tema Autorresponsabilidade, e foi ministrada pelo guarda municipal Leandro Sanchez, que acentuou ser o diretor um líder, e por isso deve assumir o que acontece dentro do ambiente escolar.

O secretário de Ordem Pública, Maxwell Araújo, destacou em sua palestra, os conflitos no ambiente escolar e ferramentas de amenização. O debate teve a participação da pesquisadora especialista em segurança pública da Universidade Federal Fluminense (UFF), Elisângela Oliveira.

– Temos em mente a criação de um comitê de segurança escolar, formado por pais, professores, gestores, Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude, objetivando o diálogo entre as partes, além de reflexão e busca de soluções para as adversidades encontradas na escola – pontuou Maxwell.

O evento contou com a presença do subtenente Campinho, que integra o GAT 5ª Companhia de Polícia Militar e abordou a questão do tráfico dentro e fora da escola. Ele ressaltou o trabalho da PM, que faz a ronda escolar em todo o município. Também esteve presente o comandante da Guarda Civil Municipal de São João da Barra, Marcelo Reis.

O Seminário é uma realização da Semop/GCM – que desenvolve o Programa Semop Educacional e dentro dos objetivos estabelecidos estão as palestras e reuniões com diretores, professores, alunos e demais colaboradores da rede de ensino municipal – em parceria Semec.

Nesta terça-feira, outros assuntos serão salientados, como: liderança motivacional, empreendedorismo, atribuições da Vara da Infância e Juventude, segurança pessoal. O delegado da 145ª Delegacia de Polícia, Carlos Augusto Guimarães, fará uma consideração sobre o tema: “Como lidar com o jovem infrator”.




Fonte: Ascom PMSJB

Novo atendimento a mãe de Crivella em hospital público do Rio volta a criar polêmica

(Foto: Luiz Morier | Agência O Globo)
A mãe do prefeito Marcelo Crivella voltou a dar entrada em uma unidade da rede municipal de saúde. Eris Bezerra Crivella — que no último dia 17 foi submetida a uma cirurgia no punho, no Hospital Salgado Filho, no Méier — foi ontem à emergência do Hospital Miguel Couto, na Gávea, devido a fortes dores na área operada. Segundo testemunhas, ela recebeu atendimento diferenciado e foi prontamente encaminhada para radiografia.

Uma funcionária, que pediu para não ser identificada, apesar de não ter visto a mãe do prefeito chegar à unidade, soube por outros profissionais que ela foi atendida antes de outros pacientes que já estavam no local:

— Soube que ela chegou no início da tarde e foi direto para a sala de radiografia, passando a frente de todo mundo que aguardava desde cedo. Muita gente nem entendeu o que estava acontecendo, porque ela não foi reconhecida.


PACIENTE QUER DIREITOS IGUAIS

De acordo com um outro funcionário do Miguel Couto, a mãe de Crivella deve ter chegado à unidade pelo estacionamento do ambulatório, e não pela entrada principal. Por isso poucas pessoas teriam percebido a presença dela no hospital, segundo ele:

— Quando chega uma pessoa assim, parente de alguém importante, a galera sempre cria um burburinho.


O ambulante Marcos Ávila, que costuma buscar atendimento no Miguel Couto, diz que a unidade tem deixado a desejar. Passando mal, sem saber o que tinha, no início da noite de ontem ele aguardava na emergência há mais de uma hora, sem ser chamado. Para ele, um hospital público não deveria dar privilégios a qualquer cidadão:

— Se é público, se é da prefeitura, todos têm o mesmo direito e a mesma importância no atendimento. Já pensou se todos resolvessem furar a fila de espera? Ia ser um caos total.

De acordo com a assessoria de Marcelo Crivella, a mãe do prefeito fez uma radiografia no Miguel Couto e posteriormente foi liberada, sem que tenha “tido qualquer tratamento diferenciado”.

A direção do Miguel Couto informou, por meio de nota, que Eris chegou com queixa de dor no punho recém-operado, sendo aberto então um boletim de atendimento médico de emergência, que a encaminhou para exames de raios X. Ainda de acordo com a nota, existem dois fluxos na unidade para a realização do exame: o da emergência, no qual os pacientes têm prioridade; e a do ambulatório, para doentes que não têm urgência para o procedimento. Por fim, o hospital justifica o atendimento dizendo que, naquele momento, “não tinha qualquer outro paciente da emergência aguardando para realizar o exame”.

Ontem, a auxiliar de serviços gerais Mônica Alves contou que, desde o inicio do ano, tenta marcar exames para fazer uma cirurgia no útero. Ela espera que, um dia, toda a população receba o mesmo atendimento que a mãe de Crivella teve nas duas vezes em que esteve na rede pública municipal:

— Seria um sonho. Imagine você chegar e rapidamente ser atendido e fazer o seu exame ou cirurgia?


CIRURGIA DE EMERGÊNCIA

Na semana passada, o Ministério Público estadual anunciou que investigaria se houve irregularidade no atendimento à mãe de Crivella no Hospital Salgado Filho. Pacientes alegaram que ela teve tratamento privilegiado. A Secretaria municipal de Saúde, por sua vez, disse que a idosa não furou a fila para ser operada, porque também se tratava de um caso de emergência.

A mãe do prefeito foi operada na rede pública enquanto Crivella voltava para o Brasil, após viagem pela Europa, durante o carnaval. Inicialmente atendida em uma unidade particular, devido a uma fratura no punho, ela deu entrada na unidade pública queixando-se de dor. Ela apresentava um edema que poderia gerar complicações vasculares. No dia seguinte, o edema regrediu, e os médicos entenderam que se tratava de um caso de emergência. No mesmo dia, três pacientes que precisavam de cirurgia de urgência também foram operados.

— Se minha mãe é bem tratada, significa que os hospitais da rede pública estão bons — disse o prefeito, dias após a cirurgia.





Fonte: O Globo

Secretaria de Saúde de SJB: Blitz da Saúde nesta quarta-feira

A Secretaria de Saúde, por meio da coordenação do Programa Municipal de Combate à Hanseníase, realizará na próxima quarta-feira, 28, o evento Blitz da Saúde, das 9h às 12h na Avenida Joaquim Tomáz de Aquino Filho, no centro da cidade. Na oportunidade será lembrado o Dia Internacional de Combate a Hanseníase.

A data, comemorada oficialmente no último domingo do mês de janeiro, visa chamar atenção da população para o diagnóstico precoce como a principal estratégia contra a doença. O evento, inicialmente, aconteceria no dia 31 de janeiro, porém foi adiado em razão das chuvas que caíram no município. 

Segundo o coordenador do programa, João Filiphe Amaral, o tratamento precoce é capaz de prevenir tanto as lesões irreversíveis da hanseníase quanto a transmissão do agravo.

No dia do evento haverá distribuição de material informativo com orientações sobre sintomas e tratamento da doença aos usuários dos serviços de saúde, aferição de pressão arterial e teste de glicemia.

A hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele e é causada por um bacilo chamado Mycobacterium leprae. A doença tem cura e o tratamento é feito nas unidades de saúde e é gratuito. O médico do Programa de Combate à Hanseníase atende as terças-feiras, às 14h, na UMS de Barcelos, e não é necessário marcação de consulta.






Fonte: Ascom PMSJB

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Audiência pública da Saúde na quarta-feira Câmara Municipal de São João da Barra

(Foto: divulgado)
A Secretaria de Saúde de São João da Barra promove na próxima quarta-feira, 28, às 14h, na Câmara Municipal, audiência pública de prestação de contas referente ao relatório do terceiro quadrimestre de 2017, do Fundo Municipal de Saúde.

A prestação de contas aos vereadores, Conselho Municipal de Saúde e à população é prevista na Lei 141 de janeiro de 2012, que exige a apresentação do relatório quadrimestral dos serviços públicos de Saúde.

Na ocasião serão apresentados os resultados financeiros, ações desenvolvidas integradas com PSF, NASF e Educação em Saúde, atendimentos na Atenção Básica e na Atenção Especializada, indicadores obtidos nos programas municipais de saúde, entre outros resultados e ações.

A Secretaria de Saúde ressalta a importância da participação da sociedade civil organizada e da comunidade de uma forma geral.





1º Seminário para Gestores de Escolas do Município de São João da Barra

(Foto: divulgação)
O Projeto “Eu conto com você”, criado pela Guarda Civil Municipal de São João da Barra, promove nos dias 26 e 27 de fevereiro, das 9h às 17h, o 1º Seminário para Gestores de Escolas do Município. O evento tem por objetivo conscientizar e orientar, por meio de palestras, os diretores das 38 unidades da rede sobre assuntos pertinentes à comunidade escolar.

Como lidar com o tráfico de drogas e com o jovem infrator dentro e fora da escola; atribuições do Conselho Tutelar e da Vara da Infância e Juventude; autorresponsabilidade; empreendedorismo; liderança motivacional serão os temas abordados.

– Ações como esta visam o preparo do profissional para lidar com situações delicadas dentro do ambiente escolar, e propicia formas de pensar o ensino e a aprendizagem dentro de um contexto cultural amplo – frisou o coordenador geral da Secretaria de Educação e Cultura, Daniel Damasceno.

Entre os palestrantes, estão o delegado da 145ª Delegacia de Polícia, Carlos Augusto Guimarães, o tenente Luciangelo Correa, da 5º Companhia de Polícia Militar, o secretário municipal de Ordem Pública, Maxwell Araújo, e o guarda municipal Leandro Sanchez, que participa do projeto “Palestra nas escolas”, há um ano abordando junto a alunos, gestores, funcionários e pais de alunos assuntos como bullying, meio ambiente, preservação patrimonial.

– Da experiência nas escolas com as palestras, surgiu a ideia do projeto “Eu conto com você”. A proposta é expandi-lo dentro do universo escolar, englobando outros assuntos e elaborando um cronograma anual – destacou o comandante da Guarda Civil Municipal de São João da Barra, Marcelo Reis.

O Seminário é uma realização da Semop/GCM, em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura e polícias Civil e Militar. Também participarão representantes do Conselho Tutelar e da Vara da Infância e Juventude.






Dia D contra a febre amarela será em 3 de março em Campos

(Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)
Com o objetivo de ampliar ainda mais a cobertura vacinal contra febre amarela, será realizado no próximo dia 3 de março um novo Dia D de vacinação contra a doença. A mobilização acontecerá em todo o estado e em Campos, a Vigilância Epidemiológica da secretaria municipal de Saúde vai disponibilizar 8 salas de imunização para atender a população. Mais de 268 mil pessoas foram imunizadas contra a doença em Campos até o dia 5 de fevereiro. 

Segundo a assessora chefe da Vigilância, Roberta Lastorina, a vacinação vai acontecer das 9h às 13h no Centro de Saúde, Hospital São José, Centro de Saúde de Guarus, Unidades Pré-Hospitalares de Travessão e Tocos, no Centro de Referência e Tratamento da Criança e do Adolescente (CRTCA 2), na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Penha e na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Lagamar, em Farol de São Thomé.

"Como acontece desde fevereiro de 2017, a dose da vacina contra febre amarela no nosso município é única. A secretaria de saúde disponibiliza as doses diariamente no Centro de Saúde, nas salas de vacinação que participam do Dia D e também nas unidades de Santo Eduardo e Morro do Coco, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Quem ainda não foi vacinado deve aproveitar mais essa chance para se prevenir contra a doença", ressaltou Lastorina.

Podem tomar vacina contra a febre amarela pessoas entre 9 meses e 60 anos, obedecendo às indicações e contraindicações do Ministério da Saúde, que são: não possuir doenças como câncer, HIV positivo; não ser alérgico a proteína do ovo e a gelatina; não fazer uso de medicamentos como corticoide; não ser gestante e não estar amamentando. 

O primeiro Dia D em 2018 foi realizado em 27 de janeiro.





domingo, 25 de fevereiro de 2018

Confirmado: shopping em Guarus

(Foto: Reprodução)
O outro lado da cidade, Guarus, sempre foi economicamente forte, partindo do fato que já sediou uma das maiores usinas de Camposa extinta São João- abriga um dos maiores frigoríficos do estado em capacidade instalada, o aeroporto de Campos, um Distrito Industrial, e órgãos de pesquisa e educação como a Pesagro e um IFF. Agora, prepara-se para subir mais alguns degraus: no dia 15 de Março será lançada a pedra fundamental do Shopping de Guarus.

O empreendimento, que será composto de 41 lojas, além de praça de alimentação, cinema, supermercado e estacionamento, já tem lojas âncoras confirmadas como Lojas Americanas, estando outras praticamente acertadas. Trata-se de um empreendimento isolado do empresário Joilson Barcelos, não tendo correlação com o grupo do qual é sócio. Segundo ele, esse investimento foi precedido de uma criteriosa pesquisa econômica, radiografando o que poderíamos chamar de Produto Interno Bruto (PIB) de Guarus.

Considerada economicamente uma área secundária em comparação à margem direita do Rio Paraíba do Sul, Guarus, tem hoje uma renda percapta em algumas áreas bem acima do que se poderia prever. Quando se trata de renda familiar, ela supera a marca dos R$ 5 mil em bairros como o Jardim Carioca. Com esse novo empreendimento comercial, a expectativa é de que o perfil da economia de Guarus sofra novas mudanças.

O local escolhido, a Avenida José Carlos Pereira Pinto, o maior corredor comercial de Guarus, tende a se valorizar ainda mais. O comércio convencional sempre cresce no entorno dos shoppings. Então, o que se espera, é um boom de investimentos paralelos. E exatamente nesta via, onde está localizado o segundo maior hospital público de Campos, o HGG, que cresce também os loteamentos e até condomínios de luxo como o Alice, cujo preço dos terrenos supera o de muitos condomínios do Centro da cidade.

A estima de Guarus está em alta. Existe a perspectiva de aumento na geração de postos de trabalho. A ideia do empresário é usar obviamente a mão-de-obra do bairro que, depois de um processo seletivo, receberá treinamento diferenciado. Muitos empresários de ramos diversos já mostraram interesse em participar do empreendimento com compra de lojas.

– Nossa pesquisa mostrou que muitos consumidores saem de Guarus para comprar na Pelinca. As coisas estão mudando. Nos dias de hoje o consumidor quer conforto e comprar perto de onde mora. Isso acontece no Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e nas demais grandes cidades do país. É preciso acabar com essa história de que Guarus é periferia. Acreditamos no potencial desta área. Se ela define eleições pode influir na economia- disse Joilson Barcelos.

Progresso

Para o bom funcionamento do centro comercial, o empreendimento exige investimentos também na infraestrutura do entorno do shopping, como no trânsito, por exemplo. Rodrigo Lira explica que o poder público já atua promovendo estudos de impacto de vizinhança, entre outros. “O poder público também deve fazer a verificação do projeto para saber se ele atende às legislações urbanísticas e colaborar também, por exemplo, por meio da Superintendência de Trabalho e Renda, encaminhando profissionais capacitadas para o preenchimento das vagas de emprego que surgirão”, disse.

O Planejamento de segurança pública no entorno do shopping é de responsabilidade do governo do estado do Rio de Janeiro, agora sob intervenção federal. Para Lira, o ideal é que esse projeto seja elaborado de forma preventiva, integrada, “privilegiando a inteligência e não encarada de forma, meramente, circunstancial, conforme as demandas”.

O economista Alexandre Delvaux defende, além do crescimento comercial, um avanço na área industrial com exportação de produtos para outras cidades e estados para que Campos gere riqueza e a economia possa expandir e não apenas mudar de lugar. “Se esse desenvolvimento maior não acontecer, o cenário econômico não mudará muito, apenas saberemos que alguém vai perder para outros ganharem. É certo que Guarus tem um grande potencia de mercado e é uma alternativa. Vai gerar oportunidades de emprego e criar renda nova”, avaliou.

Mudança no aspecto de Guarus

A instalação de um centro comercial do porte que está sendo desenhado deve provocar uma mudança nos hábitos da comunidade e no ponto de vista geográfico. Para o doutor em política e professor em planejamento regional, Rodrigo Lira, a dinâmica da localidade tende a se modificar com a possibilidade do adensamento populacional, aumento do tráfego, entre outros. Na visão de Lira, a especulação imobiliária e o aumento do tráfego também serão outros fatores que vão contribui para a mudança do aspecto local.

“No geral, as pessoas vêem com bons olhos a vinda de algum grande empreendimento em função da perspectiva de geração de emprego e renda na localidade. No entanto, deve-se atentar também para os impactos sociais e urbanos que podem gerar ou agravar problemas como questões ligadas à violência, mobilidade, saneamento, entre outros”, pontuou.

Um aspecto positivo que o centro comercial pode levar à comunidade é a geração de empregos é a descentralização das vagas de trabalho fora dos eixos comerciais já existentes na cidade. “É interessante para a sociedade que empreendimentos dessa natureza se instalem em locais mais afastados do centro comercial tradicional porque possibilita também a desconcentração das vagas de emprego na cidade”.

Importância da avenida

A avenida José Carlos Pereira Pinto se tornou o maior corredor comercial de Guarus desde que passou a ter ligação com a Rodovia BR-101. A pista começa no entroncamento com a avenida Francisco Lamego (Beira-Rio), no parque Vicente Dias e passa por bairros populosos, como o Rio Branco e Presidente Vargas.

A avenida abriga também o segundo maior hospital público de Campos, o Hospital Geral de Guarus (HGG) e ajudou a descongestionar o trânsito da BR-101, entre a ponte General Dutra, no Caju até a passarela do Parque Novo Mundo. A via também é um dos principais acessos à 146ª Delegacia de Guarus.






Fonte: Terceira Via

Mulher baleada na frente do filho em Campos

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Uma mulher foi baleada dentro de casa e na frente do filho de apenas nove anos, no final da tarde de sábado (24), na Rua Luci Moraes de Almeida, no Parque Eldorado, no subdistrito de Guarus, em Campos.

Segundo informações da Polícia Militar, uma equipe foi acionada até o local do crime, mas chegando até à casa não tinha ninguém. No Hospital Ferreira Machado (HFM), em contato com a mãe da vítima, ela contou que um suspeito entrou na casa da filha e disparou os tiros.

Vizinhos que ouviram os disparos a socorreram para a unidade hospitalar. Ainda de acordo com a mãe de M.S.D., de 41 anos, a filha teria ido até o encontro de traficantes do bairro e os acusado de terem roubado objetos de sua casa, o que talvez explique a motivação para o crime.

A mulher de 41 anos foi atingida por dois tiros, sendo um na cabeça e outro no pescoço. A tentativa de homicídio foi registrada na 146ª Delegacia Legal de Guarus para investigação. Até a publicação desta matéria o suspeito ainda não havia sido localizado.








Fonte: Terceira Via

SJB convoca aprovados nos concursos da Educação e Saúde


O Diário Oficial da Prefeitura de São João da Barra deste sábado (24) traz a convocação de novos profissionais para o quadro efetivo da administração pública municipal. As portarias assinadas pela prefeita Carla Machado (PP) são para vagas na área da Educação e da Saúde, que tiveram concursos realizados na gestão passada. Os candidatos convocados deverão se apresentar na secretaria de Administração, às 15h.

Na área da Educação, são 11 novos professores do 1º ao 5º, convocados em virtude de vacância. Vale lembrar que o concurso da Educação foi realizado em 2015 e tem validade até 7 de março de 2019. Confira a relação dos convocados deste sábado:


Já na Saúde, um enfermeiro (2ª a 6ª) e um médico socorrista (sábado e domingo) foram os convocados. No mesmo Diário Oficial, a prefeita informa que os profissionais convocados anteriormente para os mesmos cargos não se apresentaram no prazo determinado para entrega de documentos. O certame da Saúde tem validade até 10 de junho de 2019. Veja os convocados:









Fonte: Blog do Arnaldo Neto

MP-RJ acusa Cabral de corrupção em esquema que deixou toneladas de remédios vencerem


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) ajuizou uma ação civil pública para apurar a prática de corrupção relacionada ao desperdício de toneladas de medicamentos em dois estoques da Secretaria estadual de Saúde. De acordo com as investigações, as imagens de incontáveis caixas de remédios vencidos, que tiveram repercussão nacional em 2016, foram causadas por um esquema de fraudes montado pelo ex-governador Sérgio Cabral com a ajuda do secretário de Saúde de seu governo, Sérgio Côrtes. Outra peça central no esquema é o empresário Arthur Soares, o Rei Arthur, dono das empresas responsáveis pela gestão da Central Geral de Abastecimento (CGA) da Secretaria. Além de Cabral, Cortes e Soares, outras 17 pessoas, entre agentes públicos e empresários, são alvos do processo.

O MP conduz uma investigação para a apurar as responsabilidades civil e penal relacionadas ao desperdício dos medicamentos, encontrados em depósitos em Niterói e Nova Iguaçu, no Grande Rio. Ambos os locais eram administrados por empresas de Arthur Soares. De acordo com o ex-subsecretário estadual de Saúde Cesar Romero, delator premiado da Lava-Jato no Rio, a licitação para a escolha do gestor da CGA foi fraudada. A disputa foi vencida pelo consórcio Log Rio - formado pelas empresas Facility e Prol, ambas do empresário Arthur Soares, o Rei Arthur - que levou um contrato de R$ 255 milhões. Este contrato durou sete anos, até ser suspenso em abril de 2016, logo depois que uma inspeção encontrou no local mais de 300 toneladas de medicamentos vencidos.

A ação civil pública, distribuída à 2ª Vara de Fazenda Pública, é o primeiro dos desdobramentos do inquérito sobre os estoques de medicamentos. Na delação, Cesar Romero afirmou que as empresas assumiram a gestão da CGA sem ter qualquer experiência em logística de saúde. Isso teria ocasionado, segundo ele, graves problemas no armazenamento e distribuição de medicamentos aos hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Romero garantiu que, em reiteradas ocasiões, medicamentos com prazo de validade vencidos foram destruídos em desacordo com as normas estabelecidas pela Anvisa.

O ex-subsecretário explicou que o esquema de corrupção nos estoques consistia em fraudar as contratações e superfaturar o serviço, transformando o excedente em propina, que seria assim distribuída: 5% para Cabral, 2% para Cortes, 1% para o próprio Romero, 1% para os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e 1% para o “esquema”, como eram chamados os demais agentes públicos envolvidos no golpe.

De acordo com a delação, já homologada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, havia uma partilha no esquema de fraudes na Secretaria de Saúde. Enquanto o empresário Miguel Iskin, amigo pessoal de Cortes, controlava as compras feitas pela Secretaria de Saúde, ficavam com Arthur Soares, os serviços continuados que dizem respeito à gestão dos estoques, à alimentação, à limpeza, à manutenção predial e de elevadores, ao apoio administrativo, à refrigeração, ao recolhimento de lixo e às campanhas de publicidade.

Oficialmente, Arthur Soares assumiu a central de abastecimento em 2010, com o consórcio LogRio. Mas as investigações mostram que o empresário, que encontra-se foragido, já estaria envolvido com os estoques de medicamentos desde 2007, quando a logística das duas unidades e da distribuição dos insumos para todas as unidades foi entregue à TCI, empresa pernambucana, em contrato emergencial no valor de R$ 20 milhões por 180 dias. Após a contratação, Arthur virou sócio da empresa por imposição do Sérgio Cortes, afirmou Cesar Romero. No ano seguinte, foi feita uma licitação, na qual a mesma empresa ganhou. O contrato subiu para R$ 70 milhões, de 12 meses, prorrogáveis. No meio do caminho, sustentou o delator, Rei Arthur teria se desentendido com os sócios pernambucanos e montado um consórcio, o LogRio, para assumir no lugar da TCI.

A administração da CGA pela Log Rio gerou polêmica desde a sua contratação. Na época, as empresas de Arthur Soares desbancaram a TCI, empresa especializada em gestão de logística. Acusada de não ter expertise no setor de saúde, a Log Rio acabou tendo seu contrato suspenso por falhas na administração da CGA.


Segundo a Secretaria de Saúde, foi instaurada uma auditoria para apurar possíveis irregularidades na gestão da CGA, que também é alvo de auditoria do TCE.

ENTENDA

O esquema de corrupção comandado pelo ex-secretário estadual de Saúde Sérgio Côrtes afetou a distribuição de medicamentos para hospitais, UPAS e outras unidades da rede pública do Estado do Rio. O delator César Romero Vianna gravou conversas com seu primo, Sérgio Eduardo Vianna Junior, cunhado de Côrtes. Trechos indicam que uma concorrência viciada entregou a gestão da Central Geral de Abastecimento (CGA) para a Log Rio, criada pelo empresário Arthur Soares, o Rei Arthur. A Central é responsável pelo armazenamento, logística e distribuição dos medicamentos e materiais médico-cirúrgico para unidades de saúde.

A força-tarefa do Ministério Público Federal e da Polícia Federal investiga uma nova ramificação do esquema montado por Sérgio Côrtes e empresários para direcionar contratos de prestação de serviços com a Secretário Estadual de Saúde do Rio durante sua gestão (2007-2013).





Fonte: O Globo

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Crivella faz piada com chuvas e fala em 'Balsa Família'

(Foto: Bernardo Mello Franco)
O prefeito Marcelo Crivella parece não ter se incomodado com as críticas por estar fora do Rio nas chuvas da semana passada. Está fazendo até piada:

— Lá em São Paulo também tem enchente. Vão até lançar um programa novo: o Balsa Família!

Crivella também não estava no Rio durante o temporal de ontem à noite. Foi a Brasília pedir recursos ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

O prefeito voltaria hoje cedo, mas seu voo foi cancelado por um problema na turbina do avião da Latam. No aeroporto, Crivella encontrou o deputado Pedro Paulo (PMDB-RJ), seu adversário na eleição de 2016.






Fonte: O Globo

Acidente grave próximo ao Cepop deixa cinco pessoas feridas

(Foto: Ralph Braz \ Pense Diferente)
Um grave acidente ocorreu na noite desta quinta-feira (22), na Avenida Presidente Kennedy, próximo ao Centro de Eventos Populares (Cepop), deixando cinco pessoas feridas. Uma carreta e um carro de passeio colidiram e equipes do Corpo de Bombeiros tiveram de serrar o Fox prata para retirar as vítimas, que ficaram presas às ferragens.

Chovia no momento da colisão. Segundo informações iniciais, dois homens e uma mulher ocupavam o carro de passeio. As vítimas foram levadas para o Hospital Ferreira Machado (HFM).De acordo com a assessoria do Hospital Ferreira Machado (HFM), os quatro homens feridos seguem em observação no proto socorro, mas o estado de saúde é considerado estável. A jovens, de 27 anos, já recebeu alta.





Assalto termina com policial e criminoso baleados na 28 de Março

(Foto: Ralph Braz | Pense diferente)
Nem mesmo a intervenção federal na segurança pública inibe a ousadia dos bandidos. Nesta quinta-feira (22), em plena luz do dia, a loja PneuTec foi assaltada por três homens armados. O crime foi na avenida 28 de Março, no Parque Tarcísio Miranda e resultou em uma troca de tiros entre um policial à paisana, que passava pelo local, e um dos suspeitos, que mesmo baleado fugiu, mas foi preso quando procurou socorro no Hospital Ferreira Machado (HFM).

De acordo com a Polícia Militar, dois homens armados teriam entrado no estabelecimento, anunciando o assalto. O policial à paisana ao perceber a ação, teria reagido, atirando contra os criminosos. Um dos suspeitos acabou sendo atingido por um tiro nas costas. O policial foi atingido de raspão na perna. 

Ainda segundo a polícia, mesmo ferido, o criminoso fugiu juntamente a mais dois comparsas, em um carro de cor prata, que foi abandonado no bairro do Novo Jóquei. Ele só foi localizado após dar entrada no HFM, onde, ao ser abordado, acabou confessando o crime. Do local, foram levados os celulares de todos os funcionários, além de cerca de R$ 1.000, em espécie.

De acordo com um dos funcionários, que estava atendendo um cliente na hora do assalto, foram momentos de tensão. “Ficamos reféns dos assaltantes por alguns minutos. Eles chegaram armados e pediram os celulares de todos nós e o dinheiro que estava no caixa. O patrão mandou entregar tudo para que não houvesse vítima e foi o que fizemos, mas um policial que passava pelo local viu a abordagem, deu ordem de prisão, mas eles não pararam, revidaram com tiros. Foi muito assustador”, disse um funcionário que não quis se identificar.

A polícia seguiu fazendo buscas na tentativa de encontrar os outros suspeitos, mas nenhum deles foi preso. O caso foi registrado na 134ª Delegacia de Polícia (Centro), onde segue sendo investigado.




Fonte: Folha da Manhã

Vestibular Social domingo em São João da Barra

Os munícipes interessados em ingressar em uma universidade e obter bolsa com desconto de até 50% podem se inscrever no Vestibular Social 2018, que será aplicado pela Universidade Estácio de Sá, no domingo, 25 de fevereiro, às 9h, na Escola Municipal Domingos Fernandes da Costa. A inscrição é gratuita, e pode ser feita no dia, antes da prova ou antecipadamente pelo WhatsApp (22) 98128-0046. É necessário apresentar um documento com foto – RG ou CNH.

Os aprovados neste vestibular ganharão um desconto de 40% nas mensalidades até a conclusão do curso. Se a matrícula for realizada até o dia 28 deste mês, usufruirá mais 10% de bolsa durante o primeiro semestre. Esta ação é uma parceria da Prefeitura de São João da Barra, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, com a Universidade Estácio de Sá, e tem por finalidade incentivar jovens e adultos, que possuem o ensino médio (requisito para prestar o vestibular) a dar continuidade aos estudos, obtendo um diploma de nível superior.

Este ano, novos cursos estão sendo ofertados na graduação: arquitetura, biomedicina e estética, além das formações já existentes: pedagogia, fisioterapia, psicologia, administração, ciências contábeis, enfermagem, educação física, nutrição, direito e outros. Na graduação tecnológica há opções de cursos como: comércio exterior, gestão ambiental, logística, gestão de recursos humanos e outras opções, que podem ser conferidas no link: http://portal.estacio.br//?estado=RJ.

Os interessados poderão optar pelo curso presencial, flex, e, ainda, educação a distância (EAD). A gestora comercial da Estácio, Aline Siqueira, disse que a demanda em inscrições e informações sobre os cursos está dentro das expectativas.




Fonte: Ascom PMSJB