quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Hospitais de Campos podem parar por não pagamento por parte da prefeitura de Campos

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Os hospitais de Campos dos Goytacazes, Álvaro Alvim, Santa Casa de Misericórdia, Beneficência Portuguesa e Plantadores de Cana correm risco de cessarem as atividades por falta viabilidade financeira.

O comunicado foi emitido pelos Hospitais.


A Associação Fluminense de Assistência à Mulher, à criança e ao Idoso – AFAMCI (Hospital Plantadores de Cana), encaminhou na data de 25 de janeiro um ofício ao Prefeito de Campos, Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Secretaria Municipal de Saúde e ao Conselho Regional de Medicina, informando que as atividades serão encerradas na data de 01/02/2018, em razão do não recebimento da verba devida pela Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes.

Na nota, os hospitais afirmam:

“Entendemos que o direito da vida é sagrado e a nossa prioridade é o atendimento aos pacientes SUS; mas temos tido problemas financeiros insustentáveis causados pelo grande atraso no pagamento por parte da Prefeitura. Não temos a intenção de paralisar os serviços ou o atentimento médico à população, mas a falta de recursos está levando os hospitais da cidade ao mais absoluto risco de falência e fechamento”.

A administração das unidades informou ainda que não há como quitar os vencimentos dos funcionários, dos médicos, ou até mesmo comprar alimentação, remédios e materiais indispensáveis para o atendimento à população mais carente; e que já foram feitas “inúmeras tentativas de negociação com os administradores públicos municipais, todas elas totalmente infrutíferas”.






Fonte: Campos em Foco

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Prefeitura de SJB efetua o pagamento do funcionalismo nesta quarta

A Prefeitura de São João da Barra efetua nesta quarta-feira, 31, o pagamento do funcionalismo referente ao mês de janeiro. O último dia útil do mês vigente é o prazo estipulado pela Secretaria Municipal de Administração para a liberação dos vencimentos.



Blitz da Saúde nesta quarta-feira em São João da Barra


Em comemoração ao Dia Internacional de Combate à Hanseníase, a Secretaria de Saúde de São João da Barra, por meio da coordenação do Programa Municipal de Combate à Hanseníase, realiza nesta quarta-feira, 31, o evento Blitz da Saúde, das 9h às 12h, na Avenida Joaquim Tomaz de Aquino Filho, no centro da cidade.

A data, comemorada oficialmente no último domingo do mês de janeiro, visa chamar a atenção da população para o diagnóstico precoce, que continua sendo a principal estratégia contra a doença.

Segundo o coordenador do programa, João Filiphe Amaral, o tratamento precoce é capaz de prevenir tanto as lesões irreversíveis da hanseníase quanto a transmissão.

No dia do evento, haverá distribuição de material informativo com orientações sobre sintomas e tratamento da doença aos usuários dos serviços de saúde, aferição de pressão arterial e teste de glicemia.

A hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele e é causada por um bacilo chamado Mycobacterium leprae. A doença tem cura e o tratamento é feito nas unidades de saúde e é gratuito. O médico do Programa de Combate à Hanseníase atende as terças-feiras, às 14h, na UMS de Barcelos, e não é necessário marcação de consulta.




Cansados de esperar, moradores de Campos limpam praça do bairro

(Foto: reprodução Facebook)
Um velho ditado diz que a educação vem de casa. Parece então, que esse ditado caiu muito bem para os moradores do Parque Nova Brasília, em Campos. Cansados de esperar por uma ação de limpeza na praça do bairro, de responsabilidade da Superintendência de Limpeza Pública e da concessionária Vital Engenharia, os cidadãos e integrantes da Comunidade Evangélica Vida e Comunidade Evangélica Vida Nova resolveram o problema por conta própria.

Com enxadas, sacos de lixo, máquina de corte de grama e vassouras, o problema da limpeza da Praça de Nova Brasília como é chamada, que fica entre os trechos das Ruas Waldemar Prata e Álvaro de Azevedo Barcelos foi resolvido por quem deveria usufruir do local de lazer.

Segundo um dos moradores, o órgão que deveria resolver a situação não faz nada. “Isso é uma vergonha, então tomamos a iniciativa e estamos fazendo o trabalho que não é nosso e fazendo a diferença. Antes de tudo temos que ser cidadãos e também estamos aqui como igreja fazendo a nossa parte”, contou o morador que também pretende junto a outros moradores limpar a praça do Parque Esplanada.

No dia 16 de janeiro, o Jornal Terceira via divulgou uma matéria sobre o abandono de praças e jardins do município, como na Avenida Rui Barbosa, da Ponte Saturnino de Brito, a Ponte da Lapa, ao Terminal Rodoviário Luiz Carlos Prestes, os canteiros carecem de manutenção.

Arbustos altos margeiam toda a calçada ao longo do Rio Paraíba do Sul. Na rotatória que leva à Rua Saturnino Braga, o trabalho de paisagismo foi engolido por uma macega. No cais da Lapa, grama brota entre os tijolos do piso da praça de alimentação da Orla 2. O espaço foi revitalizado, mas a obra, que inclui quatro quiosques e banheiros acessíveis, nunca foi inaugurada e está tomada de capim.

A Prefeitura de Campos divulgou em seu site oficial que Nesta semana, até sexta-feira (2 de fevereiro), equipes da Superintendência de Limpeza Pública e da concessionária Vital Engenharia farão a limpeza de várias avenidas e praças pelo município.

Nesta segunda, os trabalhos se concentraram em Farol de São Thomé e na Avenida Arthur Bernardes. Ao longo da semana, recebem intervenção as avenidas Alberto Torres, General Estilac Leal, Nossa Senhora do Carmo, São Fidélis, além do canteiro central da Avenida 28 de Março e Estrada do Santa Rosa e Rua dos Goitacazes.

Os trabalhos serão realizados ainda nas Praças 2 do Imperial, Parque Aurora e Nilo Peçanha (Jardim São Benedito) e Santo Antônio.

Com relação ao problema da raça do Parque Nova Brasília, a Superintendência de Comunicação da Prefeitura de Campos informou que uma equipe de limpeza pública estaria no local.





Fonte: Terceira Via

Profissionais RPA exigem pagamento à Prefeitura de Campos

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Profissionais do Regime de Pagamento Autônomo (RPA) da Prefeitura de Campos estão exigindo o pagamento de salários atrasados há três meses nesta quarta-feira (31). O último pagamento foi efetuado no mês passado, porém referente a dois meses anteriores. Os trabalhadores alegam que o atual governo não dá satisfação e afirmam estarem organizando um protesto ainda esta semana.

A técnica de enfermagem Aparecida da Silva, 45 anos, disse que não tem dinheiro para pagar a taxa anual do Coren (Conselho Regional de Enfermagem).

“Sem o Coren fica difícil de trabalhar, pois se eu for pega em uma fiscalização, corro o risco de perder o trabalho e ainda responder a processo administrativo. Eu estou me sentindo um lixo. O paciente não tem nada com isso, mas é uma falta de respeito o que o governo está fazendo com a gente”, disse Aparecida, informando que trabalha como home care no bairro do Jóquei.

Com contas atrasadas e aluguel atrasado, a técnica de enfermagem Margareth Pessanha, 54 anos, relatou que não sabe a quem mais recorrer.

“Eu pago R$ 10,50 só passagem por plantão, pois trabalho na zona rural da cidade, e são entre cinco e seis plantões por mês. Os estatutários vão receber amanhã, os cargos de confiança na próxima semana e agente vai receber quando? A resposta nos últimos meses tem sido o silêncio de um governo inoperante”, relatou.

Margareth disse que os RPA’s estão organizando uma manifestação, que poderá ocorrer na frente da sede da prefeitura ou na frente da Câmara de Vereadores.

Em nota a Superintendência de Comunicação Social informou:

A Prefeitura de Campos estuda data para pagamento dos prestadores de serviço por Recibo de Pagamento Autônomo (RPA), respeitando a disponibilidade financeira municipal. O pagamento do servidor concursado se mantém em dia, assim como o cronograma anunciado das parcelas do 13° salário, sendo a próxima a ser paga em fevereiro.




Fonte: Ururau

Chuva forte provoca alagamentos em diversos pontos de Campos

(Foto: Maurício Faez)
Com alerta de chuva para o estado do Rio de Janeiro, em Campos não foi diferente. A cidade amanheceu com o céu nublado nesta terça-feira (30). A chuva apareceu durante a madrugada e, após uma curta trégua ao amanhecer, o tempo fechado retornou com chuva forte por volta das 10h.

Com apenas uma hora e meia de chuva, vários pontos da cidade já haviam alagado. Entre os locais tomados pelas águas está a decida da ponte Leonel Brizola, fato recorrente em períodos chuvosos e algumas ruas do Parque Vicente Dias. Outro ponto que voltou a registrar transtorno foi o cruzamento da Rocha Leão com a rua Conselheiro Tomás Coelho, no Caju, onde o trânsito ficou lento. A rua Cora de Alvarenga, no Parque Leopoldina, também ficou alagada.

Segundo dados pluviométricos levantados pela Defesa Civil Municipal, choveu cerca de 11,2 mm na madrugada da última segunda (29) em Campos. De 7h até a tarde desta terça-feira (30), o pluviômetro marcou cerca de 35 mm de chuva. A expectativa é de que chova 50 mm nesta terça-feira (30); entre 15mm e 14mm na quarta (31); entre 5mm e 3mm na quinta (1); e, na sexta (2), entre 5mm e 4mm.

A Defesa Civil Municipal informou que nenhum chamado foi registrado desde ontem (29), mas que vem atuando nas ruas, como no trecho da Avenida Pelinca, onde foi feita a desobstrução dos bueiros e outros pontos da cidade. Para chamados, os moradores podem entrar em contato com o órgão através do telefone (22) 98175 - 2512.

O nível do Rio Paraíba do Sul, nesta terça (30) é de 5,91m; e a Lagoa Feia, 3,77m. O monitoramento é feito diariamente pela equipe da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil.





Caminhonete derrapa e tomba poste na Arthur Bernardes


Uma mulher saiu ilesa de um acidente na manhã desta terça-feira (30), na avenida Arthur Bernardes, perto do Trevo do Índio, em Campos. A caminhonete que ela dirigia, uma Triton Mitsubishi, da empresa IPF Soluções Florestais, teria derrapado numa poça de óleo cerca de 100 metros antes do local onde acabou colidindo com um poste em cima do canteiro que divide a via. Com o impacto da colisão, o poste caiu e bloqueou parcialmente o outro lado da pista, no sentido Beira-Valão, mas o trânsito já foi totalmente liberado.

De acordo com informações da motorista, que estava sozinha no veículo, o acidente ocorreu por volta das 7h20. Ela relata que perdeu o controle após passar sobre a poça de óleo, que teria sido derramado horas antes por um caminhão da empresa Vital, responsável pela coleta de lixo em Campos. Segundo populares, junto ao óleo, o caminhão também teria derramado chorume. Há relatos de que, pouco depois do acidente envolvendo a caminhonete, dois motociclistas caíram após deslizarem na poça, mas não se feriram.

Ainda com base nas informações dos populares, quando o poste caiu, caminhões de combustíveis passavam pelo local, mas não foram atingidos. O Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou o poste da via, colocando-o sobre o canteiro. Um caminhão de seguradora fez a retirada do veículo.
A reportagem solicitou posicionamentos da Vital e da Prefeitura de Campos, mas ainda não obteve resposta.




Fonte: Folha da Manhã

Idosa morre vítima de atropelamento na BR 356

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Uma idosa, identificada como Delça Albino Gomes Teodoro, de 65 anos, morreu atropelada na noite dessa segunda-feira (29), na BR 356 (Campos-Itaperuna), na altura do Parque Aldeia, em Guarus. O acidente aconteceu por volta das 21h.

A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Ferreira Machado (HFM), mas não resistiu aos ferimentos. O caso foi registrado na 146ª Delegacia de Polícia (Guarus).






Fonte: Folha 1

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Pagamento de janeiro dos servidores será depositado nesta quarta-feira

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Na próxima quarta-feira (31), a Prefeitura de Campos realiza o pagamento dos servidores estatutários ativos, referente ao mês de janeiro. O valor total da folha de pagamento é de R$ 81,2 milhões, sendo R$ 5,425 milhões referente a férias.

Na mesma data, recebem os aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Campos – PreviCampos — totalizando R$ 13,7 milhões.

— O valor da folha de pagamento de janeiro é tradicionalmente a mais alta, devido ao pagamento das férias. São 5,4 mil servidores em férias, a maioria da Educação — disse o secretário de Gestão Pública, André Oliveira que garantiu ainda que no dia 15 de fevereiro será paga a segunda parcela do 13º salário de 2017, correspondente a 40% do benefício, conforme o cronograma anunciado no ano passado.





Fonte: Comunicação PMCG

PM descobre fabricação caseira de munições na Praia do Farol de São Thomé

(Foto: divulgação)
A Polícia Militar (PM) desbaratou nesta segunda-feira (29/01) uma fabricação caseira de munições na Praia do Farol de São Thomé. Policiais foram até a localidade de Rádio Velho após receberem denúncia de que um homem estaria guardando armas em casa.

Lá, os militares apreenderam duas espingardas calibre 12, 57 munições intactas, uma faca, uma máquina para recarga, 250 buchas para recarga, 300 estojos vazios, 03 potes de chumbo, 58 espoletas e 12 potes de pólvora.

Ninguém foi preso e o caso registrado na 134ª Delegacia Legal (DL/Centro).




Fonte: Ururau

São Salvador e Turisguá paradas e toda a Baixada Campista sem ônibus

(Foto: Paulo Pinheiro | Folha 1)
Nesta segunda-feira (29), foi completada uma semana de manifestações dos funcionários da São Salvador, em Campos. Lutando para receberem os quatro meses de salários atrasados, mais o 13º de 2017, e por melhores condições de trabalho, aumento na fiscalização às vans e lotadas e pelo aumento do valor da passagem, os motoristas e cobradores da empresa fazem novo protesto no terminal rodoviário da avenida José Alves de Azevedo (Beira-Rio). Coletivos de outras empresas estão sendo impedidos de circular. Para piorar a situação, também foi iniciada, no sábado (27), a paralisação da Turisguá, empresa que, assim como a São Salvador, integra o Consórcio União. Com a paralisação da Turisguá e da São Salvador, moradores da Baixada Campista agora dependem exclusivamente de vans.

No terminal Luis Carlos Prestes, na avenida XV de Novembro, no Centro, os coletivos estão parados. "Nossos ônibus estavam rodando. O pessoal da São Salvador começou a parar os ônibus por volta das 8h30. O meu ônibus estava com passageiros, os dos colegas também, mas todo mundo teve que descer. Se eu não parasse, eles iam esvaziar os pneus. Vou fazer o quê? Levar pé na cara? É difícil...", disse um motorista da empresa São João.





Fonte: Folha da Manhã

Ação educativa do trânsito de veículos na orla de São João da Barra

(Foto: divulgação)
Informar aos motoristas sobre a proibição do trânsito de veículos na faixa de areia no litoral. Esse foi o objetivo da ação realizada nesta sexta-feira, 26, na orla de Atafona e Grussaí, pela Secretaria de Transportes, por meio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

Fiscais entregaram material informativo aos motoristas e orientaram quanto ao cumprimento das leis que proíbem o trânsito de qualquer veículo na faixa de praia compreendida entre a linha de maior baixa-mar até 50m acima da linha de maior preamar do ano (maré sizígia), na região.

O litoral sanjoanense, muito frequentado durante o verão, é berçário natural de tartarugas marinhas que desovam nas praias do município. “O trabalho do Demutran é de orientar os motoristas para eles não cometam nenhuma infração e sejam parceiros na disseminação dessas informações”, destacou o secretário de Transportes, Julinho Peixoto.

No material distribuído, informações sobre os problemas causados pelos veículos que trafegam indevidamente pela orla, e as leis que amparam as ações de fiscalização e autuação dos motoristas infratores.

“A Prefeitura está realizando um trabalho importante, informando aos motoristas sobre as proibições de trafegar na areia, para evitar acidentes e os impactos ao meio ambiente”, elogiou o motorista Ricardo Albuquerque, de São Gonçalo.

O gerente de trânsito, José Renato Duarte, informou que ação de educação no trânsito vai acontecer durante todo o período de verão e carnaval. “Nosso objetivo não é multar os motoristas, mas informar para que eles evitem a faixa de areia e não sejam penalizados, para que a orla seja um local seguro para os banhistsa e o meio ambiente”, salientou.





Fonte: Comunicação PMSJB

Temer vai a programa de Silvio Santos defender a reforma da Previdência

(Foto: divulgação SBT)
Em sua primeira participação em um programa de auditório, o presidente Michel Temer foi recebido pelo apresentador Silvio Santos para explicar as mudanças propostas na reforma da Previdência. Gravado há cerca de uma semana, a edição do programa foi exibida na noite deste domingo. Nos 15 minutos de conversa sobre a reforma, o apresentador levantou questões que ainda geram dúvidas na população. De acordo com o presidente, a participação no programa de auditório trouxe a "oportunidade de transmitir a realidade da Previdência no Brasil".

Temer explicou à plateia sobre o déficit de R$ 189 bilhões registrados no programa de seguridade social. Em seguida, foi enfático ao afirmar que, caso a reforma não seja aprovada pelo Congresso, a expectativa de déficit para o ano que vem é de R$ 220 bilhões.

Se não houver uma reformulação da Previdência, o que vai acontecer daqui a dois, três anos, é aquilo que aconteceu em Portugal e na Grécia. Ou seja, uma dívida previdenciária tão grande, tão expressiva, que lá foi preciso cortar 3% a 40% dos vencimentos dos funcionários públicos - disse Temer.

Durante a entrevista, Silvio Santos pontuou questões como a queda na taxa de natalidade e o aumento da expectativa de vida do brasileiro. Segundo Temer, a reforma precisa ser efetivada para "prevenir o futuro".

- Por que estamos fazendo a reforma da Previdência agora? Para prevenir o futuro. Porque você vê, quando você tem a conta pública equilibrada, você tem queda de inflação, dos juros, você tem alimentos mais baratos. E quando não há essa possibilidade, o que ocorre é que as contas públicas crescem de uma tal maneira que você começa a ter prejuízos - alegou Michel Temer.

Silvio Santos citou as conquistas econômicas do governo registradas no fim de 2017 - como a queda dos juros e da inflação - e afirmou que , agora, "a dificuldade que o Brasil está tendo é justamente com a Previdência". O apresentador enfatizou que, caso a reforma não seja aprovada pelo Congresso este ano, nos próximos três ou quatro anos não existirá dinheiro para pagar os valores destinados aos aposentados e pensionistas.

- De repente, você tem que fazer um tal corte na Previdência que prejudica a todos. Mas quero registrar que este projeto de Previdência não alcança os mais pobres. Agora, quem ganha R$ 13 mil, R$ 20 mil, R$ 30 mil vai ter que fazer uma Previdência complementar. Vai ter que tirar do próprio bolso para, lá na frente, conseguir aposentar com 30 mil - esclareceu Michel Temer.

- Não é má vontade do político, não é má vontade do presidente. É que não vai haver dinheiro para pagar - afirmou o apresentador à plateia.

Diante dos números apresentados pelo presidente, o apresentador avaliou como "uma situação gravíssima" a atual realidade da Previdência Social no Brasil. Silvio Santos perguntou ao presidente qual o papel dos deputados na negociação sobre a votação da reforma previdenciária no Congresso - são eles os responsáveis pela primeira votação da proposta no Congresso.

Temer destacou as mudanças significativas que foram feitas desde o primeiro texto com a proposta para a reforma. De acordo com o presidente, o novo projeto de Previdência Social apresentado ao Congresso tem as regras "bastante amenizadas". Para ele, isso pode facilitar a compreensão da sociedade sobre o assunto e garantir que os deputados defendam a proposta.

- A Câmara dos Deputados, de alguma maneira, transmite a vontade popular. Então, é importante que o Brasil inteiro sensibilize os deputados porque eles representam a vontade popular. E se a população compreender isso que nós dois estamos dizendo aqui, os deputados vão lá e depositam seu voto favoravelmente - salientou.






Fonte: Extra

Carro furtado em Atafona é encontrado pela polícia abandonado em Grussaí

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A polícia encontrou horas depois de ser furtado próximo ao Balneário de Atafona um carro de passeio abandonado e sem as quatro rodas na Avenida Atlântica, em Grussaí, distrito de São João da Barra.

De acordo com informações da polícia, quando em patrulhamento de rotina por volta das 23h45 de ontem, 27, foi recebida uma solicitação sobre um veículo Corsa Wind, de cor branca e placa MPA 8468 que teria sido furtado na área próxima ao Balneário de Atafona, onde o proprietário estacionou o citado veículo por volta das 22h e no retorno não encontrou, onde logo passou as informações através do 190. Os militares ao fazerem patrulhamento do outro lado da lagoa, no bairro Tele Santana foi recebida uma informação da sala de Operações sobre um veículo abandonado na Avenida Atlântica, próximo a torre de telefone.

A polícia acrescenta, ainda, que ao chegar no local foi obtido êxito em localizar o citado veículo abandonado onde foi verificado que estava sem as quatro rodas e a chave do mesmo. Foi feito contato com proprietário onde compareceu ao local trazendo uma chave reserva e arrumou as rodas para retirada do seu veículo.

O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.






Fonte: Parahybano

Termo de Compromisso para blocos carnavalescos de São João da Barra

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Representantes de blocos carnavalescos foram informados, em reunião na última sexta-feira, 26, presidida pelo prefeito em exercício, Alexandre Rosa, sobre o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre a Prefeitura de São João da Barra e o Ministério Público na atuação conjunta de fiscalização do consumo de bebidas por menores e o Termo de Compromisso, que será assinado entre a Prefeitura e as agremiações.

“Foi necessário estabelecer regras para concentração e durante o desfile visando proporcionar maior organização e segurança em todo o município, e respeito aos moradores e visitantes que vêm assistir ao carnaval”, informou Alexandre, lembrando que o prazo para entrega do Termo de Compromisso vai até terça-feira, 30, das 9h às 17h, na Secretaria de Municipal de Turismo.

Caso os blocos carnavalescos não cumpram as referidas determinações do Termo de Compromisso, serão imediatamente interditado e impedido de desfilar no próximo ano. Proibição de venda ou distribuição de bebidas alcoólicas a menor de 18 anos; placas informativas de proibição de venda e consumo de bebidas por menor na entrada e no bar da concentração; identificação dos componentes dos blocos maiores de 18 anos com pulseiras de material plástico, fixas e com lacres, são algumas das cláusulas do Termo de Compromisso.

Entre outras questões, ficou estabelecido também o cumprimento do horário de entrada na avenida, que terá uma tolerância de 10 minutos, e do horário previsto para desfilar; a proibição de utilização do microfone em carros de som e sonorização fixa na concentração para incitação ou apologia ao crime, política e religião; disponibilização de equipe de segurança própria; permitir que os agentes da Secretaria de Ordem Pública e o Comissariado da Infância e Juventude realizem a ampla fiscalização.

“A expectativa é que mais de 40 blocos participem do carnaval, mas esse número só será confirmado após os representantes assinarem o Termo de Compromisso”, comentou o secretário de Turismo, Analiel Viana, que só poderá concluir o fechamento da programação a partir de quarta-feira, 31.

Representantes das Secretarias de Ordem Pública, Transporte e Trânsito, e dos setores de Fiscalização de Postura, Guarda Civil Municipal e Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) marcaram presença.






Fonte: Comunicação PMSJB

"Gabinete em Ação" de vereador realizou mutirão de Limpeza em Campos

(Fotos: divulgação Ascom)
A Rua Cândido Álvaro Machado, no Parque Leopoldina, foi o local escolhido para a segunda edição do Mutirão de Limpeza que faz parte do projeto do "Gabinete em Ação", do vereador Cláudio Andrade.

A equipe de assessores do parlamentar e mais um grupo de 20 voluntários, realizaram serviços como: retirada de entulhos, capina, pintura de paralelepípedos e ainda o recolhimento das principais demandas dos moradores, que serão encaminhadas as secretarias do município, através de ofícios.

O vereador ressaltou que o trabalho só é possível graças à colaboração de amigos e parceiros do gabinete. "Conseguimos diesel, caminhão, retroescavadeira e todo material e isso é fruto do entendimento da população com o nosso trabalho, que visa colaborar com a grande demanda de serviços do município. Sou grato a todos que estão colaborando com as nossas ações", afirmou Andrade.







Fonte: Ascom

Após assalto, homem se joga no Rio Paraíba e morre afogado

(Arquivo / Foto: Ralph Braz | Pense Diferente) 
Um homem ainda não identificado, foi encontrado morto na tarde deste domingo (28) no Rio Paraíba, na altura da Ponte Barcelos Martins, no Centro de Campos. De acordo com a polícia, ele teria cometido um assalto, na Rua Barão de Miracema, subtraindo o celular da vítima e na fuga teria se jogado no rio, não retornando mais.

Ainda segundo a PM, o homem abandonou o celular, sendo recuperado.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e o caso registrado na 134ª DP/Centro.






Fonte: Campos24horas

Cine Clube nesta segunda-feira no Cine Teatro São João em SJB

(Fotos: divulgação)
Em sua terceira exibição nesta temporada de verão, o projeto Cine Clube, desenvolvido no Cine Teatro São João, em São João da Barra, apresenta na próxima segunda-feira, 29, às 20h30, o filme “Sing – quem canta seus males espanta”. A entrada é 1 kg de alimento não perecível.


O projeto Cine Clube é uma iniciativa da Secretaria de Educação e Cultura de São João da Barra, por meio da equipe do Cine Teatro, e foi iniciado a partir da reabertura do espaço, em junho de 2017. O público pode opinar na escolha da programação pela página do Cine Teatro São João no facebook.

As duas exibições já realizadas, nos dias 15 e 22 de janeiro, foram “Emoji - o Filme”, e “Animais Fantásticos e onde Habitam”. O encerramento do projeto na temporada de verão será no dia 5 de fevereiro.





Fonte: Comunicação PMSJB

domingo, 28 de janeiro de 2018

Retrocesso em Campos: Supermercados não vão abrir aos domingos


Após 10 anos de supermercados abertos em Campos aos domingos, o sindicato dos Comerciantes Varejistas (Sindivarejo) e dos Empregados do Comércio vão fechar acordo, por um período “experimental” de quatro meses, para o fechamento dos estabelecimentos. A medida estará em vigor de 1º fevereiro a 31 de maio. Os presidentes dos dois sindicatos, respectivamente, Roberto Viana e Ronaldo Nascimentos, vão se reunir na tarde desta segunda-feira (29) para traçar como será o acordo coletivo. Para quem gosta de deixar as compras para o domingo à mudança pode não agradar, mas o setor de alimentos garante que o momento econômico do país, estado e município afunilou ganhos nos últimos sete meses e obrigou a busca de alternativas.

Supermercados não vão abrir aos domingos / Divulgação— A situação é preocupante no setor do varejo do alimento. Até julho de 2017, o setor não vivenciou a crise que afeta o país, o estado do Rio e Campos que está quebrada, mas começou a sentir. A renda per capita do campista caiu 15% em 2017. Também detectamos que a venda pulsante no final de semana caiu de 30% a 40%. Estamos dividindo em seis o que se faz em sete dias — diz o presidente do Sindivarejo, Roberto Viana.

Além da crise, os empresários do setor também colocam na ponta do lápis os gastos com os empregos dos estabelecimentos que abrem no domingo. “Temos que levar em consideração a questão do trabalhador com uma carga horária menor, mais encargo trabalhista pelo domingo trabalhado e, ainda, é notório que o colaborador não oferece 100% do seu empenho profissional quando entra nas escalas do domingo — ressalta Viana.

Segundo o líder patronal, para tomar a decisão foi realizada uma reunião, onde foram convidados os representantes dos estabelecimentos varejistas que atuam no município. “Além dos grandes empresários do setor em Campos, convidamos o Extra, Makro, Atacadão e o Walmart, esse último, o único a fazer algum tipo de questionamento. Mas, o que valer para um, vai valer para todos”, disse Roberto Viana. A Folha tentou, mas não conseguiu contato com a assessoria do Walmart.

Representando o Grupo Barcelos, da Rede Superbom, Lucas Barcelos disse que a proposta é sindical e só após vigorar a medida será possível avaliar os números se foram positivos ou negativos.

Sindicato não visualiza demissões com a medida
Inicialmente só faltava o aval do sindicato dos Empregados do Comércio para fechar o acordo de experiência. Mas, segundo o presidente, Ronaldo Nascimento, os empregados autorizaram, durante assembleia na última quinta-feira (25), a não abertura dos supermercados aos domingos. Hoje, em Campos, são pouco mais de 2 mil trabalhadores nestes estabelecimentos do ramo de alimentos.
Ronaldo também não visualiza demissões. “Quando se passou a trabalhar nos domingos não houve contratação extra, então não tem porque demitir”.

Quando questionados se o fechamento dos supermercados aos domingos seria um retrocesso, já que hoje Campos é uma cidade de porte médio, com mais de 500 mil habitantes, tanto Ronaldo, quanto Roberto, não concordaram. “As grandes varejistas, no Espírito Santo, já não abrem mais aos domingos”, ressalta Ronaldo Nascimento.

O analista de sistema, Jaime Rodrigues, 34 anos, já discorda: “Eu acho um retrocesso. Os grandes centros querem atrair o consumidor até nas madrugadas e Campos, na contramão, passará a não ter supermercados abertos aos domingos, menos uma facilidade em dias corridos”.






Fonte: Folha da Manhã

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Funcionários da São Salvador em nova manifestação em Campos

(Foto: Patrícia Barreto | Terceira Via)
Funcionários da Viação São Salvador realizam nova manifestação na manhã desta sexta-feira, na avenida José Alves de Azevedo, junto à rodoviária Roberto Silveira. Eles começaram a parar alguns ônibus da empresa São João, gerando reclamação de passageiros e levando o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) a acionar a Guarda e a Polícia Militar. 

Policiais militares chegaram ao local e conversaram com os manifestantes. Os PMs explicaram que eles têm o direito à manifestação, que é legal, mas não podem ferir o direito de ir e vir dos cidadãos.

Clima tenso - O grupo de rodoviários se dividiu e 10 funcionários da São Salvador para o Centro. Na rodoviária, pararam outro ônibus da São João e a polícia, mais uma vez, interviu. O clima é de tensão.
Neste momento, outro grupo de funcionários da São Salvador está atuação no terminal rodoviário Luís Carlos Prestes, na avenida XV de Novembro (Beira Rio).






Fonte: Folha da Manhã

Dia D de vacinação contra a febre amarela no sábado em São João da Barra

(Foto: divulgação)
Apesar de não registrar nenhum caso da doença, a Prefeitura de São João da Barra, por meio da Secretaria de Saúde e em parceria com os governos estadual e federal, realizará a campanha do Dia D de vacinação contra a Febre Amarela, sábado, 27, das 8h às 17h, em 11 pontos do município. A meta é atingir 100% da população.

Os 80% já imunizados em 2017 não precisarão ser vacinados. “A dose disponibilizada em São João da Barra é plena, não é fracionada, e será aplicada uma única vez, proporcionando imunização definitiva”, confirmou a subsecretária de Saúde, Keth Miranda, lembrando aos 20% da população da necessidade de levar o Cartão de Vacina.

As ações acontecerão nas Estratégias Saúde da Família (ESF) e Unidades Mistas de Saúde (UMS), do Centro, Atafona, Grussaí, Cajueiro, Barcelos, Palacete, Campo de Areia, Sabonete, Mato Escuro, Quixaba e Açu.

– O restante da população que estiver impossibilitada de vacinar no Dia D poderá comparecer em todas as ESF e UMS, de segunda a sexta, no mesmo horário – tranquilizou Keth, orientando as pessoas que vão viajar para áreas de risco e ainda não foram imunizadas da necessidade de tomar a vacina pelo menos 10 dias antes, para que estejam protegidas.

Segundo o alerta da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, quem tomar mais de uma dose da vacina contra a febre amarela aumentará o risco de apresentar reações adversas como, hepatite e efeitos colaterais graves que vão desde intoxicação até uma reação anafilática.

Não devem ser vacinadas: pessoas que já foram imunizadas anteriormente, e com alergia o ovo; bebês com idade abaixo de 9 meses; mulheres em qualquer faixa de gestação, e amamentando bebês com idade abaixo de 9 meses. Pacientes em tratamento com radioterapia/ quimioterapia, que fazem tratamento com corticoides, submetidos a tratamento com imunossupressores, portadores de doenças hepáticas, hematológicas, renais e neoplásicas, autoimunes; além de portadores de HIV/AIDS (somente com avaliação médica), também não devem tomar a vacina.





Mutirão contra o Aedes aegypti nesta sexta no Açu


Agentes de combate às endemias estarão, nesta sexta-feira, 26, na praia do Açu, 5º distrito de São João da Barra, para mais um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika vírus e chicungunyana, a partir das 9h.

O trabalho preventivo, realizado pelo Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ) do município, inclui visita às residências para ações educativas, informativas, eliminação de focos do mosquito, panfletagem, recolhimento de pneus e tratamento perifocal.

O diretor do NCZ, Marcos Machado, explica que, com a intensificação do trabalho no período de verão, especificamente no litoral, se torna mais viável o acesso às residências que ficam a maior parte do ano fechadas.

A ação já aconteceu neste mês de janeiro nas praias de Atafona, Grussaí e, também, na sede do município. No último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LRAa) divulgado na última semana janeiro, o resultado foi de 0,6, considerado satisfatório.





quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Repressão a violência: 5 jovens detidos com revólver e drogas dentro de ônibus em Grussaí

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Por volta das 21h desta quarta-feira, 24, cinco jovens foram detidos, sendo três homens e duas mulheres, em um ônibus na Avenida Liberdade, em Grussaí, distrito de São João da Barra, com um revólver, maconha e cocaína.

De acordo com informações da polícia, nesta manhã militares procederam até a localidade de Grussaí, do outro lado da Lagoa, com informações sobre possível tráfico de drogas, onde foi encontrado jovens em uma residência e após buscas nada foi encontrado. Já por volta das 21h de hoje foi recebida outra denúncia de que os jovens estariam seguindo para Martins Lage em um ônibus, onde próximo ao Posto Toledo, na Avenida Liberdade, em Grussaí, foi abordado o coletivo e após revista nos jovens já identificados pela guarnição foi encontrado um revólver calibre 38 da marca Taurus com seis munições intactas, além de cinco pinos e dois papelotes de cocaína, 74 buchas de maconha, dois aparelhos telefônicos celulares, um caderno com anotações do tráfico.

Os jovens identificados pelas iniciais C.N.P., de 18 anos, A.M.S., 15 anos, G.M.S., de 16 anos, K.A.V., 14 anos, N.G.R., de 13 anos, foram encaminhados para 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra, onde o caso foi registrado.






Fonte: Parahybano

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Prefeitura de Campos alega dificuldade financeira, mas quer gastar mais de R$ 600 mil em cinema


Campos, um município que não realiza manutenção de praças, canteiros e jardins, reduziu a limpeza pública, tem bairros na mais completa escuridão, vê semáforos caindo sobre pessoas, e está com a Saúde na UTI, vai gastar R$ 640 mil em sessões de cinema. A licitação, na modalidade pregão presencial, teve como ganhadora a Alves Empreendimentos Ltda, conforme a homologação publicada na edição desta segunda-feira (22) do Diário Oficial do Município e reproduzida abaixo.

As projeções são parte do Projeto Cinema Itinerante, que pretende usar filmes como “complemento pedagógico” e prevê realização de até 40 sessões para alunos de escolas públicas da rede municipal de ensino. O valor de cada sessão para até mil espectadores é de R$ 16 mil.

Segundo o subsecretário pedagógico da secretaria municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece), Rafael Damasceno, “o cinema é uma manifestação cultural muito atrativa para os nossos alunos. Além de ter forte caráter pedagógico, pelo poder de abordar diversas questões que perpassam nosso cotidiano, é um momento de muita diversão, que pode aproximar alunos e professores”.

Porém, para uma Prefeitura que alega dificuldades financeiras, não parece bom negócio. Caso a lotação máxima seja alcançada em cada uma das projeções, que serão realizadas em tela inflável e possivelmente ao ar livre, o valor por espectador é de R$ 16. Mais caro que o praticado pelos cinemas da cidade em meias-entradas — benefício garantido por lei a estudantes — para sessões 3D durante os fins de semana, que variam de R$ 10,50 a R$ 12,16, incluindo custos de conveniência da compra online. Isso em locais com poltronas adequadas, climatização e ambiente favorável e sem considerar eventuais descontos obtidos pelo grande número de alunos.

Em nota, a prefeitura de Campos esclareceu que “a verba utilizada para a contratação do Cinema na Escola é uma verba federal para a Educação, com uso de fim específico, não podendo ser utilizada, por exemplo, para Saúde, realização de pagamento de pessoal ou outros fins. Além de atender a alunos, professores e pais da comunidade escolar, o Cinema na Escola também atenderá a população, já que as sessões serão abertas. Comparar este projeto com uma sessão de cinema no ambiente convencional é uma visão equivocada de quem desconhece o que é uma política pública pedagógica. O Cinema na Escola não é mero entretenimento, já que ele vai oferecer conteúdos reflexivos, além de uma experiência educacional e social, que servirá como um complemento pedagógico ao conteúdo trabalhado em sala de aula. A prefeitura de Campos utiliza ferramentas dinâmicas e em experiências vividas além das salas de aula para eficientizar o aprendizado. Exemplo disso, foram algumas das ações desenvolvidas ao longo do ano de 2017 pela Smece, como, por exemplo, a que levou alunos ao Trianon, quando tiveram a oportunidade de assistirem ao espetáculo ‘O Grande Circo Clássico’. Como princípio, a prefeitura de Campos ressalta a transparência em suas ações e que está aberta a qualquer esclarecimento”, conclui a nota.





Fonte: Terceira Via

Homem é esfaqueado na rodoviária Roberto Silveira e suspeito apedrejado


Uma briga entre dois homens terminou com um esfaqueado e outro apedrejado na noite desta terça-feira (23), na Rodoviária Roberto Silveira, que fica na Avenida José Alves de Azevedo, no Centro de Campos. A motivação, segundo a polícia, teria sido passional.

A PM informou que uma equipe foi acionada e chegando ao local foi informada de que um homem teria sido esfaqueado e que o suspeito de desferir os golpes de faca seria um usuário de crack que estaria se relacionando com a mulher da vítima. De acordo com a polícia, a mulher e o suposto amante estavam na rodoviária quando o marido chegou e começou uma discussão, tendo H.R. ferido A.V. com golpes de faca, fugindo em seguida. Durante a fuga, H. foi apedrejado por populares e ficou gravemente ferido. Ele nega que tenha ferido A. a facadas. Ainda segundo a PM, contra o suspeito H., foi constatado um mandado de prisão por homicídio na Comarca de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos.

Ambos foram levados para o Hospital Ferreira Machado (HFM) e o caso registrado na 134ª DP/Centro.






Fonte: Campos24horas

Reunião com representantes de blocos e escolas de samba de São João da Barra


A Prefeitura de São João da Barra, por meio das secretarias de Turismo, Esporte e Lazer e de Ordem Pública, convoca os representantes de escolas de samba e blocos carnavalescos para reunião na próxima sexta-feira, 26 de janeiro, às 15h, no auditório municipal, onde as regras dos desfiles do carnaval 2018 serão apresentadas.




Helicóptero da Rede TV cai em estacionamento da emissora de TV

(Foto: Reprodução Rede Globo)
Um helicóptero caiu em Osasco, na Grande São Paulo, na tarde desta quarta-feira (24). A aeronave, que prestava serviços para a RedeTV!, estava perto do heliponto, quando despencou sobre veículos em um estacionamento. Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve vítimas.

Informações iniciais indicam que ventava forte no momento do acidente. O helicóptero foi pego por uma rajada de vento, bateu em uma grade e caiu no estacionamento da emissora, atingindo ao menos um carro.

Duas equipes dos bombeiros foram até a emissora para atender a ocorrência.

A assessoria da Rede TV! afirmou em nota que "o helicóptero que atende ao jornalismo do canal estava desligado no heliponto, de grandes dimensões e homologado para 12 toneladas. O temporal o arrastou para cima do estacionamento e derrubou ainda árvores de 40 anos. Felizmente não houve feridos e no momento a situação está normalizada".




Fonte: G1

Lula é condenado por unanimidade por corrupção e lavagem de dinheiro

(Foto: Reuters)
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) condenou por unanimidade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro. Os desembargadores João Pedro Gebran Neto, relator do processo; Leandro Paulsen, revisor; e Victor Luiz dos Santos Laus mantiveram a condenação em primeira instância, proferida pelo juiz Sergio Moro, mas decidiram aumentar a pena para 12 anos e 1 mês em regime fechado. Também foram condenados o empreiteiro Léo Pinheiro e o ex-executivo da OAS Agenor Franklin.

O relator do caso, desembargador João Pedro Gebran Neto, manteve a condenação proferida pelo juiz Sergio Moro e aumentou a pena do ex-presidente Lula para 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado, além de 280 dias-multa. Em sua justificativa para o aumento da punição, o magistrado disse que, por ter ocupado a presidência, a culpabilidade do ex-presidente é extremamente elevada. Segundo ele, na condição de principal mandatário do país foi tolerante e beneficiário com a corrupção na Petrobras, o que fragilizou não só a estatal, mas também a estabilidade democrática brasileira.

- A culpabilidade é o vetor maior. E a culpabilidade é extremamente elevada (por se tratar de ex-presidente) - afirmou Gebran, que também negou o pedido de prescrição do crime de corrupção apresentado pela defesa de Lula.

O voto de Gebran Neto teve 430 páginas e levou cerca de três horas para ser proferido. Nele, o relator do processo rebateu os argumentos da defesa de Lula e disse que as provas são suficientes para a condenação. Segundo ele, Lula tinha ciência do esquema de corrupção na Petrobras e deu a ele seu apoio com o objetivo de abastecer os partidos políticos.

Segundo a votar, o desembargador Leandro Paulsen, revisor do caso, também votou pela condenação de Lula. Assim como o relator do caso, Paulsen rejeitou pedido do Ministério Público para ampliar o número de vezes em que Lula teria cometido o crime de corrupção, também condenando-o a 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado.

Em seu voto, ele destacou que uma decisão envolvendo um ex-presidente precisa de cuidados para garantir o direito à ampla defesa, assim como uma decisão técnica. O magistrado criticou a politização do julgamento, que vem despertando reações acaloradas de simpatizantes e críticos do petista.

— Aqui ninguém pode ser condenado por ter costas largas, nem absolvido por ter costas quentes - disse o revisor, alertando que qualquer ameaça de retaliação, se houver, serão consideradas criminosas.

Último a votar, Victor Luiz dos Santos Laus, decano da 8ª Turma do TRF-4, disse que Lula obteve benefícios em razão de sua posição como presidente da República. Segundo ele, o petista "perdeu o rumo" durante seu período no poder.

- Sua Excelência (Lula), em algum momento, perdeu o rumo, passou a confundir suas atribuições de primeiro mandatário talvez com aquelas que no passado lhe conferiam as de presidente partidário - avaliou o desembargador.

Logo no começo de seu voto, Laus fez questão de tecer elogios à força-tarefa da Lava-Jato, que vem sendo criticada por aliados de Lula e parte da comunidade jurídica.

— Talvez o que haja de mais peculiar na Lava-Jato seja a feliz reunião de talento, entusiasmo, competência e qualificação profissional - afirmou, dizendo que a investigação desafiou o talento dos profissionais que se esforçaram para o êxito das investigações.

Enquanto o Ministério Público Federal (MPF), representado no julgamento pelo procurador regional da República Maurício Gerum adotou uma linha política em sua explanação - criticando a corrupção e as relações promíscuas entre empresas e políticos - o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin Martins, preferiu seguir uma argumentação técnica, questionando pontos da decisão do juiz Sergio Moro.









Fonte: O Globo

Planejamento de ações para o carnaval em São João da Barra


Uma reunião entre o prefeito em exercício Alexandre Rosa e representantes das secretarias de Turismo, Ordem Pública, e de Transportes e Trânsito, discutiu, na última segunda-feira, 22, o planejamento de ações de segurança para o carnaval 2018. O objetivo é proporcionar, a moradores e visitantes, paz e tranquilidade nos dias de folia no município.

Entre os assuntos em pauta, aumento do efetivo de segurança, fechamento de ruas, número de blocos que irão participar do carnaval 2018, horário e dia dos desfiles e medidas a serem adotadas pelo setor de Fiscalização de Postura, pela Guarda Civil Municipal e pelo Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).

“A meta é manter a tradição do carnaval rua da cidade, para que as famílias possam brincar num clima de descontração e alegria. E a união de esforços dos vários setores da administração municipal tem papel importante nesse sentido”, declarou o prefeito em exercício, Alexandre Rosa, ressaltando que, por meio da Secretaria de Ordem Pública, será prestado apoio ao Comissariado da Infância e Juventude.

O secretário de Ordem Pública, Maxwell Araújo, informou que foi constituído um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre a Prefeitura e o Ministério Público para atuação conjunta na fiscalização do consumo de bebidas por menores nos blocos. “Atuaremos ainda em parceria com as forças de segurança estadual e federal visando intensificar o patrulhamento com intuito de coibir atos ilícitos”, comentou o secretário.

Participaram da reunião, ainda, o chefe de Gabinete, Edivaldo Machado, o secretário de Turismo, Analiel Viana, o subsecretário de Ordem Pública, Rodrigo Machado, e o gerente de Ordem Pública Phillipe Oliveira. O comandante da Guarda Civil Municipal, Marcelo Reis, e os representantes do setor de Fiscalização de Postura, Ulisses Nolasco, e do Demutran, Ronaldo Oliveira, também compareceram.




Homem alvejado a tiros em ponto de ônibus em Grussaí

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A segunda tentativa de homicídio foi registrada por volta de 00h15 desta quarta-feira, 24, na rua São Paulo, bairro Tele Santana, em Grussaí, distrito de São João da Barra.

De acordo com informações da polícia, o homem identificado como C.LS., de 35 anos, que seria morador de Grussaí, estava sentado no ponto de ônibus quando três jovens de bicicleta se aproximaram e um deles efetuou três disparos contra a vítima que foi socorrida para o Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes.

A assessoria de imprensa da unidade informou que a vítima encontra-se em estado de saúde gravíssimo, em observação na Unidade de Pacientes Graves (UPG).

Equipes da polícia Delta 16, através do sargento Adriano e soldado Fiúza realizaram buscas, mas até o momento ninguém foi detido. As primeiras informações foram recebidas pela sala de Operações com o sargento Adriano.

O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.





Fonte: Parahybano

Inscrições abertas para concursos de Rei Momo, Rainha do Carnaval e Mascarados em SJB

(Foto: divulgação)
Estão abertas as inscrições para o II Festival de Marchinhas Carnavalescas e para os concursos de Rei Momo e Rainha e de Mascarados no carnaval de São João da Barra. Os três eventos serão realizados pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura e o interessados devem comparecer ao Centro Cultural Narcisa Amália, das 9h às 17h.

O Festival de Marchinhas e o concurso de Rei Momo e da Rainha do Carnaval acontecem no dia 4 de fevereiro, a partir das 20h, no Calçadão Jair da Graça Raposo, no centro da cidade, e as inscrições podem ser feitas até o dia 1º de fevereiro.

O concurso de Mascarados acontece no sábado de carnaval (10 de fevereiro), às 18h, em frente ao palco oficial do carnaval, na Praça João Batista, e as inscrições prosseguem até o dia oito de fevereiro.

As inscrições são gratuitas e os regulamentos dos concursos, com a ficha de inscrição, estão disponíveis nos anexos abaixo.








Fonte: Secom – SJB

Simulando estar armado, bandido rende funcionários e assalta farmácia

(Foto: reprodução)
Uma farmácia situada na Avenida Rui Barbosa, no Centro de Campos, foi alvo de um assaltante na manhã desta quarta-feira (24). De acordo com as informações da polícia, o homem passou pelo local em uma bicicleta de cor marrom e retornou a pé. Ele entrou no estabelecimento, simulando estar armado foi até o caixa, rendeu quatro funcionários e anunciou o assalto. Em seguida fugiu levando cerca de R$ 350 em dinheiro e o celular de uma funcionária.

O bandido trajava boné verde, bermuda branca e camisa preta.

Buscas estão sendo feitas para tentar localizar o suspeito






Fonte: Campos24horas

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Ouvidoria do SUS implantará novo modelo de atendimento aos usuários do SUS


Medida visa agilizar o atendimento à população. A nova ferramenta entrará em funcionamento no segundo semestre

Oferecer um atendimento único, personalizado, ágil e sem burocracias. Este é o projeto que o Departamento de Ouvidoria-Geral do SUS, unidade da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, está elaborando para aprimorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde. O Departamento adotará a estratégia Omnichannel, um conceito que permite visualização única dos usuários em todos os canais de atendimento. O novo modelo deverá entrar em funcionamento no segundo semestre. O longo prazo para iniciar as atividades se deve ao processo de construção que passa por etapas e ao preparo da equipe para atender na nova plataforma.

Segundo a Ouvidoria-Geral do SUS, o atendimento Omnichannel propõe que o setor consiga manter a sincronia em todos os canais de relacionamento com os usuários do SUS, mantendo uma visão única do cidadão, para que não sinta diferença no atendimento quando mudar de um canal para outro. Atualmente, os canais mais utilizados nesse tipo de atendimento são telefone, e-mail, chat, SMS, mensagens instantâneas e redes sociais. “É preciso falar com o cidadão onde ele estiver. Se ele prefere falar com o Ministério da Saúde por chat, redes sociais ou aplicativos de mensagens instantâneas, devemos estar preparados para atendê-lo”, disse Leonardo Dias, diretor do Departamento de Ouvidoria-Geral do SUS.

Além do atendimento receptivo, quando o usuário do SUS procurar o Ministério da Saúde para registrar sua manifestação, a Ouvidoria-Geral do SUS vai utilizar o novo formato também no atendimento ativo, quando o MS entrar em contato com o cidadão para disseminar uma informação ou realizar pesquisa de satisfação. "A Lei 13.460/2017 determina que as ouvidorias dos órgãos públicos realizem pesquisas de satisfação e a qualidade dos serviços prestados. Vamos utilizar esse novo formato de atendimento para mapear a satisfação do usuário e a qualidade dos serviços de saúde em todo o país. Esses dados vão alimentar os sistemas do DEMAS (Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS, da Secretaria Executiva do MS) e da SAGE (Sala de Apoio à Gestão Estratégica), como o Mapa da Saúde e o DIGISUS, criando indicadores e índices baseados nos resultados das pesquisas”, afirma Leonardo.






Fonte: Ministério da Saúde