segunda-feira, 31 de julho de 2017

Polvo feito de crochê: HPC busca artesãs para ajudar em técnica para o bem do recém-nascido

(Fotos: Divulgação)
Uma técnica simples que começou na Dinamarca em 2013 e já chegou às Unidades de Tratamento Intensivo do Brasil está sendo implantada no Hospital Plantadores de Cana (HPC), em Campos. Técnica esta que tem ajudado aos bebês prematuros: o polvo feito de crochê quando colocado dentro das incubadoras tem melhorado a frequência cardíaca, índice de saturação de oxigênio e deixado os recém-nascidos mais calmos.

O tentáculo lembra o cordão umbilical e os bebês acabam segurando neles e obtendo uma sensação de segurança como se estivesse no útero materno.

A implantação do projeto em Campos surgiu depois de um contato de um grupo de São Paulo que faz os bichinhos. Eles ofereceram a técnica de confecção para criação dos polvos. Aline Nunes dos Santos, mãe de Valentina que está na UTI aceitou participar do projeto e desde então a filha dela vem apresentando evolução.


Mas, nem todas as 40 crianças internadas na Unidade de Tratamento Intensivo e na Unidade Intensiva desfrutam desse benefício. Para que isso aconteça há necessidade de que artesãs da região abracem o projeto, confeccionando o polvo e fazendo doações. Assim que o bichinho é entregue no HPC, ele é lavado, esterilizado e só depois é colocado na incubadora. Ele tem tamanho e a linha utilizada também é própria.

As enfermeiras Pamela Costa Araujo da Silva e Arilza Machado Henrique – que estão à frente do projeto – estão buscando pessoas que possam fazer o polvo de crochê.


Na página do Hospital já existe o passo a passo de como fazer o trabalho manual.

O Coordenador da UTI, o médico Marianto de Freitas Cunha Filho, explica que ainda vai ser necessário um tempo maior para conclusão, mas em uma semana de implantação ele já observou que a criança fica mais calma.

“ As crianças choram menos e dentro de UTI que existe uma situação grande de procedimentos para controle do quadro clinico, qualquer “ferramenta” que a gente possa ter vai ajudar. A situação de stress provoca alteração corporal. O polvo acalenta o bebê e ajuda no desenvolvimento neuromotor.”, explica o médico.






Fonte: Terceira Via

Praça do Sossego em Campos, será ampliada e o trânsito proibido

(Foto: Silvana Rust)
De sossegada ela não tem nada! Uma rápida parada no local conhecido em Campos como “Praça do Sossego”, e já dá pra notar que o nome não combina mais com o seu perfil. Cercada por diversos quiosques, bares e comércio em geral, e com trânsito intenso, o sossego parece passar bem longe. Localizada no Parque Tamandaré e bem próxima do Centro, a praça é ponto de encontro dos apreciadores de uma cerveja gelada e de um espetinho na brasa.

A boa notícia é que o Instituto de Trânsito e Transportes, o IMTT, anunciou que o local vai ser ampliado e ganhar uma reforma que pretende melhorar o espaço e reordenar o trânsito. Segundo o presidente do IMTT, Renato Siqueira, o projeto está em fase preliminar, mas adianta que a via de circulação entre a praça e os restaurantes será eliminada, o que vai ampliar o espaço de convivência e qualificar o espaço urbano não edificado, diversificando a utilização da praça.

A novidade é uma das alterações que serão feitas pelo órgão para ordenamento no trânsito, melhorando o fluxo de veículos naquela região, evitando os constantes congestionamentos, principalmente, na Rua Alvarenga Filho, entre a Rua Tenente Coronel Cardoso (Formosa) e Avenida Pelinca. De acordo com Renato, duas ruas receberão alterações: Alvarenga Filho e Luís Sobral. Serão duas pistas em sentidos opostos, complementando- se, fazendo a interligação entre a Formosa e a Pelinca. A Alvarenga Filho será mão única da Pelinca para a Formosa. Já a Luís Sobral será no sentido oposto, informa o presidente do IMTT. “O principal objetivo é o ordenamento do trânsito, principalmente, em torno da Pracinha do Sossego, onde há grande concentração de bares e casas noturnas até as proximidades da Pelinca. A Luís Sobral não tem grande fluxo, mas tem sua importância à medida que for interrompido o trânsito em mão dupla na Alvarenga Filho. Quem quiser vir da Formosa, terá que pegar a Luís Sobral como alternativa de circulação de acesso à Pelinca”, explica Renato Siqueira.

Quem vê a mudança com bons olhos é o comerciante Renato Rangel, que aos 65 anos, conta que pelo menos a 30, está no mesmo ponto na praça, vendendo frutas, verduras e legumes. Criou quatro filhos com o trabalho de ambulante e, hoje, se lembra de como era no tempo em que o chão da praça nem calçamento tinha. “Aqui foi melhorando aos poucos, mas quando cheguei na década de 80, o chão ainda era de terra batida. Hoje, atendo a clientes que vieram aqui ainda crianças”, conta o feirante.

Mas Renato também se lembra de algumas histórias ruins. Por três vezes sua barraca já foi arremessada por carros durante a madrugada. Os acidentes foram provocados, na maioria das vezes, por motoristas alcoolizados e todos nos fins de semana. “Os motoristas não respeitam nada, estacionam em qualquer lugar e isso é ruim. O ideal seria que todo o espaço aqui no entorno fosse remarcado com faixas e sinalização”, sugeriu Renato.

Apesar do Renato, feirante, não acreditar na promessa de reforma da Praça, o Renato, do IMTT, garante que elas já começam a acontecer ainda este ano. Agora, é esperar e torcer que o sossego volte a reinar na praça, pelo menos no trânsito!

Falso policial federal é preso após furar blitz e dirigir embriagado na BR-101

(Foto: Divulgação)
Um homem embriagado foi preso após furar a blitz e possuir uniformes da Polícia Federal (PF) na BR-101, na noite de domingo (30), em Campos.

Segundo informações cedidas pela Polícia Militar que acompanhou a ação, o veículo, que estava com seis ocupantes, foi interceptado próximo a entrada do bairro da Tapera. O motorista, que estaria visivelmente embriagado, apresentou-se como policial federal, mas os militares perceberam que os documentos eram falsos.

Os policiais revistaram o veículo e os ocupantes, mas não encontraram outros materiais ilícitos. Eles então procederam até a residência do motorista e lá encontraram quatro camisas da Polícia Federal, uma caneca e uma insignia também da PF. O material e o veículo foram apreendidos pela PM.

O homem, identificado como R.M.S., de 32 anos, foi preso e autuado por falsidade ideológica e também por conduzir veículo sob efeito de álcool.

O crime foi registrado na 134ª Delegacia de Polícia do Centro.





Fonte: Terceira Via


Kombi da Prefeitura pega fogo na Arthur Bernardes

(Foto: Paulo Pinheiro | Folha da Manhã
Uma kombi da Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ) pegou fogo na manhã desta segunda-feira (31), no cruzamento da avenida Arthur Bernardes com Caldas Viana, no Flamboyant.

No veículo, estavam o motorista e um educador da FMIJ. Segundo o chefe do setor de transporte da fundação, um curto-circuito pode ter resultado nas chamas. Ele contou que, ao perceber o fogo, o condutor utilizou o extintor de incêndio, mas não conseguiu apagar.

Em seguida, o Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou rapidamente as chamas. Todo o interior do veículo ficou destruído. Apesar do susto, os dois homens que estavam na kombi saíram a tempo e não ficaram feridos.

Em nota, o setor de transportes da secretaria de Gestão informou que apesar do veículo ter passado por manutenção periódica, apresentou curto circuito. “O veículo possuía extintor de incêndio adequado, que foi utilizado, mas foi necessário também acionar o Corpo de Bombeiros. Nenhuma pessoa ficou ferida”.





Fonte: Folha da Manhã

Parceria PMSJB e Fundação Leão XIII: emissão de segunda via de documentos em São João da Barra

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Em mais uma parceria da Prefeitura de São João da Barra, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, com a Fundação Leão XIII, tem inicio no dia 01/08 o atendimento itinerante para isenções de documentos nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

O atendimento começa no dia 01/08, no Cras de Barcelos, e segue no dia 15 em Sabonete. No dia 29 será a vez da unidade de Grussaí, e encerrando, no dia 12/09, no Cras sede de Atafona. Será oferecida a isenção para retirada de segunda via de documento de identidade, certidão de nascimento, de casamento, atestado de óbito, além de casamento civil.

Serão 50 atendimentos por Cras, sendo 10 para casamento civil e 40 para o restante dos documentos e será priorizada a ordem de chegada. As unidades funcionam a partir das 9h e os atendimentos para a segunda via serão a partir das 10h.

Para o casamento civil é preciso apresentar original ou cópia da certidão de nascimento do casal; original ou cópia da identidade do casal; CPF do casal; comprovante de residência em nome da noiva ou pais e do noivo ou pais.

O atendimento é destinado a toda a população e visa levar o serviço até os usuários da assistência a fim de que eles possam regularizar sua situação documental para ter acesso ao cadastro dos programas sociais, como a Bolsa Família.

Segundo a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Claudia Falcão, essa parceria reforça o compromisso da administração municipal em facilitar o dia a dia dos munícipes com a oferta de serviços importantes. “Estamos trabalhando para que a população tenha seus direitos garantidos e todas as parcerias neste sentindo serão bem-vindas”.





Fonte: Ascom PMSJB

Av. Arthur Bernardes: carro invade a calçada e bate no muro de casa

(Foto: Divulgação)
Um Fiat Uno saiu de uma das pistas da Avenida Arthur Bernardes, invadiu a calçada e bateu no muro de uma casa. O acidente ocorreu na noite deste domingo(30), por volta das 19h30, nas proximidades de uma concessionária de veículos, no Parque Alphaville.

Apenas três dos cinco feridos foram identificados, sendo eles E.S.A., de 11 anos, W.S.A., de de 15 e a idosa E.I., de 84 anos.

Eles foram levados para o Hospital Ferreira Machado (HFM).






Fonte: Campos24horas

sábado, 29 de julho de 2017

Carla Machado decretar situação de emergência devido a avanço do mar em Atafona

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP), decretou situação de emergência nas áreas do município afetadas pela erosão costeira. O documento é datado de 26 de julho, mas foi publicado neste sábado (29) no Diário Oficial do município. O texto observa “que se medidas urgentes não forem tomadas, com o apoio do Estado e da União, para conter a mencionada erosão costeira/marinha, graves danos repentinos poderão ser causados, que poderão resultar em prejuízos ainda mais graves à população local, à economia e ao meio ambiente”. As ruas Minervina da Silva Pereira e Alvinópolis, na Baixada, são citadas no documento como as que vêm sofrendo com as investidas do mar, de forma incessante, desde maio.

Esta é a primeira vez, em mais de 50 anos de registros sobre o mar avançando em Atafona, que a administração pública toma a atitude de decretar a situação de emergência. Pelo trâmite em outras cidades que sofrem com a erosão, como SJB, o decreto terá de ser reconhecida pela Defesa Civil Estadual e, posteriormente, pelo Ministério da Integração Nacional, para que verbas para suporte sejam liberadas para o município. Há de se destacar o papel dos movimentos populares Atafona Resiste e SOS Atafona, com protestos e reuniões, para que a medida fosse adotada.

Nos “considerandos” do decreto, Carla observa que o fenômeno em Atafona “já destruiu e vem destruindo muitas casas, estabelecimentos comerciais, prédios públicos e outros, colocando em risco a população e causando graves danos de natureza humana patrimonial e ambiental”. O documento relata que a situação “vem se agravando repentina e consideravelmente nos últimos meses e semanas”. No texto também é mencionado o “repentino e intenso assoreamento na foz do Paraíba do Sul, o que vem prejudicando a principal atividade econômica local, a pesca, além de estar destruindo os manguezais”.

Fica autorizada “a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, nas ações de resposta ao desastre e a reabilitação do cenário e reconstrução”. Um dos artigos do documento dispõe sobre a autorização da “convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e a realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre”.

A partir de agora, em caso de risco iminente, os agentes da Defesa Civil estão liberados a “penetrar nas casas, para prestar socorro ou determinar a pronta evacuação”, e também a “usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público, assegurando ao proprietário indenização ulterior, se houver dano”. O decreto também informa que será “responsabilizado o agente da Defesa Civil ou autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações, relacionadas com a segurança global da população”.







Fonte: Blog do Arnaldo Neto

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Políticas públicas discutidas na X Conferência Municipal de Saúde de SJB

(Fotos: Ralph Braz | Pense Diferente)
Fortalecimento do SUS, com ênfase na Atenção Básica, como direito à Saúde, foi o tema central – subdividido em 11 eixos norteadores – da X Conferência Municipal de Saúde de São João da Barra. O evento, na quinta-feira, 27, no Ciep Profª Gladys Teixeira, foi aberto pelo vice-prefeito Alexandre Rosa, representando a prefeita Carla Machado, e contou com a participação de entidades governamentais, não governamentais e da população em geral.

As propostas aprovadas no encontro irão integrar o Plano Municipal de Saúde, que entra em vigor sempre no segundo ano da nova administração municipal, com validade de quatro anos, e contribuirão para elaboração do Plano Plurianual. “Essa Conferência foi importante para, junto com a população, identificar ações da saúde que resultem numa melhor qualidade de vida”, declarou o vice-prefeito.


Segundo o secretário de Saúde, Godofredo de Sá Gomes Neto, as propostas apresentadas levam em consideração a ampliação do acesso à Atenção Básica; implementação da Rede de Atenção às Urgências; reorganização da Rede de Atenção Básica da Mulher; ampliação do acesso à atenção Psicossocial; otimização da assistência da pessoa idosa e dos portadores de doenças crônicas; fortalecimento das ações de vigilância em saúde e garantia da assistência farmacêutica no âmbito do SUS.

– Fomento da produção científica com foco nas vulnerabilidades da saúde; investimento na qualificação dos trabalhadores do SUS; implementação do modelo de gestão da Secretaria de Saúde; promoção do desenvolvimento institucional e a modernização administrativa também influenciaram na elaboração das propostas – completou a subsecretária de Saúde, Keth Miranda.


A programação contou, ainda, com palestra sobre psicologia positiva e a saúde pública, ministrada pelo médico Ricardo Sá, e Fortalecimento do SUS, com ênfase na Atenção Básica, como direito à Saúde, com a palestrante Arleny Valdés.




Sábado é dia de vacinação de cães e gatos na Baixada Campista

(Foto: Divulgação)
O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) segue com o cronograma de vacinação de cães e gatos na zona rural do município. Neste sábado (29), a imunização contra a raiva animal acontece nas seguintes localidades da Baixada Campista: Poço Gordo, São Sebastião, Alto do Eliseu, Córrego Fundo, Largo do Garcia, Campo Limpo, Mineiros, Saturnino Braga, Paus Amarelo, Ponto de Coqueiros, Mussurepe, São Bento, Cazumbá e Campo de Areia. A ação acontece das 9h às 16h.

A vacinação na área urbana será no dia 7 de outubro, durante o “Dia D”. Segundo a médica veterinária Francimara de Araújo, coordenadora da campanha, até o momento 6.329 animais foram vacinados. A imunização é destinada para animais a partir de 2 meses de vida e não é recomendável a aplicação da vacina em animais que estiverem doentes e fêmeas que estejam esperando filhotes e que estiverem amamentando.

A campanha começou no dia 1º de julho e, além de funcionários do CCZ, o trabalho também conta com a ajuda voluntária de alunos do curso de Veterinária da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf).







Fonte: Ascom PMCG

Arraiá Gastronômico prossegue no final de semana em Grussaí

(Foto: Divulgação)
Prossegue no próximo final de semana em Grussaí, litoral de São João da Barra, o 1º Arraiá Gastronômico. Além de pratos variados da culinária local ao preço de R$ 15,00, o evento, que acontece no Polo Gastronômico e é organizado pelos proprietários de quiosques com apoio da Prefeitura, proporciona ao público atrações culturais e apresentações musicais no sábado e no domingo.

No sábado, 29, a partir das 19h, tem apresentação da quadrilha “Lua cheia – encantos e mistérios do Pontal de Atafona”, do grupo Lourenço do Espírito Santo, e da quadrilha “Saudade, o meu remédio é cantar” da Companhia de Dança Anônimos da Arte. A atração musical da noite será o Trio Lamparão. No domingo, fechando o Arraiá, se apresentam a quadrilha “Mãe querida, maluca”, de Barcelos, a associação de dança Associarthis e o cantor Davi Alves.

O Arraiá Gastronômico teve início no sábado, 21 de julho – prosseguindo no domingo 22 – recebendo um grande público, superando as expectativas dos comerciantes em termos de venda. A estimativa é de uma média de três mil pessoas por dia de evento. Bobó de carne seca, paella mineira, mocotó, arroz carreteiro, feijoada, caldo de mandioquinha com costela suína, caldo verde, carne seca com abóbora, moqueca de cação e camarão com farofinha e banana estão entre os pratos vendidos.

A Secretaria de Ordem Pública, por meio da Guarda Civil Municipal e em parceria com a Polícia Militar, atua no local visando proporcionar segurança e tranquilidade aos frequentadores. A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza UTI Móvel, garantindo o primeiro atendimento e a remoção de pacientes para hospital, caso necessário.

A prefeita de São João da Barra, Carla Machado, destaca iniciativa dos permissionários dos quiosques e a dedicação e profissionalismo para o sucesso que está sendo alcançado. “A Prefeitura está ao lado dos comerciantes na promoção desse evento que representa muito em termos de incentivo ao turismo e de aquecimento da economia. Parabenizo a todos os envolvidos pela união e pelo empenho”, destacou a prefeita.




Fonte: Ascom

Prefeitura de São João da Barra altera horário de expediente


A Prefeitura de São João da Barra, através do decreto número 66/2017, publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (28), alterou o horário de expediente, aumentando em uma hora.

O horário que era das 09h às 17h, passa a ser das 09h às 18h. Os servidores terão direito a uma hora de pausa para o almoço. A Prefeita, em seu decreto, deixa claro que o funcionário que se atrasar 60 minutos ou mais, terá marcado falta em seu dia de trabalho. Ainda, será considerado impontualidade o atraso ao serviço por até 60 minutos, a retirada antes de 60 minutos do final so expediente sem autorização ou ausentar-se por menos de 60 minutos durante o expediente sem autorização. 

A Prefeita Carla Machado (PP) deixa claro na publicação que compete aos titulares de cada órgão da administração exigir rigorosa observância dos nomes dos nomes para registro e apuração da frequência dos servidores. 

O Decreto passa a valer já nesta sexta-feira, entrando em vigor, assim, o novo horário de expediente da Prefeitura de São João da Barra.







Fonte: Portal OZK

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Homens assaltam posto em SJB, sofrem acidente na fuga e acabam presos

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Dois homens foram presos na tarde desta terça-feira (25) após assaltarem um posto de combustíveis na localidade de Água Preta, em São João da Barra, e se acidentarem na fuga. Segundo a polícia, os homens chegaram ao posto em uma moto e anunciaram o assalto, levando uma quantia em dinheiro não divulgada. Um deles estaria encapuzado e armado. Os suspeitos foram levados para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

Com os homens, a Polícia Militar apreendeu um revólver calibre 38 e uma touca ninja e conseguiu recuperar o dinheiro roubado. O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia (São João da Barra). De acordo com a polícia, os suspeitos seriam moradores de Campo Novo e Martins Lage.





Fonte: Folha da Manhã

Maré alta em Atafona até quinta-feira

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Em Atafona, a maré permanece alta até a próxima quinta-feira (27). Os ventos deram um pouco de trégua ao vilarejo, mas a situação ainda preocupa moradores. A Defesa Civil segue com o monitoramento e a barreira provisória com os sacos de areia ainda resiste. Movimentos sociais em defesa da orla voltaram a se reunir nesta terça (25).

Segundo o coordenador da Defesa Civil de São João da Barra, a região da foz continua assoreada. A equipe entrou com um pedido de dragagem, junto à Secretaria de Meio Ambiente. A ação aguarda autorização do Inea. “Os barcos seguem atracando provisoriamente no entreposto pesqueiro”, ressalta Adriano Assis.

Enquanto isso, integrantes dos movimentos sociais de Atafona articulam uma nova reunião para traçar ações. A prioridade do grupo é cobrar a execução do Projeto de Contenção da Orla. Recentemente, o SOS Atafona anunciou que está articulando um pedido junto ao Ministério Público, para determinação do estado de calamidade pública. Para eles, essa é uma medida que pode priorizar as ações da gestão pública.





Fonte: Folha Na Foz

terça-feira, 25 de julho de 2017

Casas são demolidas na Comunidade da Linha e famílias transferidas para Morar Feliz

(Foto: Divulgação)
Vinte e oito casas da comunidade da Margem da Linha, em Campos, foram demolidas na manhã desta segunda-feira (24). As famílias às quais pertenciam as residências foram transferidas para o conjunto habitacional Morar Feliz, em Ururaí. A mudança foi definida após residentes entrarem em acordo com a Prefeitura para o reinício das reformas das construções por conta dos próprios moradores. As casas, que estavam prontas para serem entregues à população, tiveram materiais furtados e foram parcialmente destruídas.

Diretora do programa Morar Feliz, Regina Campista explicou que, inicialmente, o objetivo era demolir 32 casas enquanto outras 32, no conjunto Morar Feliz, estão passando por melhorias. Mas, devido à dificuldade financeira dos moradores, para a conclusão das reformas, o número foi reduzido para 28. “Tiraram caixa d’água, telha, porta, janela. Eles estão reformando com recursos próprios. Para os que conseguiram reformar, nós vamos dar toda a documentação hoje”, contou, ressaltando que, para os outros, os documentos serão entregues à medida em que as obras forem concluídas.

Até o momento, 468 famílias foram transferidas para Ururaí por meio do programa Morar Feliz. Para concluir esta etapa, faltam as 32 — totalizando 500 —, cujas futuras moradias estão em processo de reconstrução. O prazo para a transferência dos moradores que solicitaram a mudança para o conjunto habitacional será definido por eles e respeitado pelo governo municipal. “Foi um acordo deles com a secretária (de Desenvolvimento Humano e Social, Sana Gimenes), que falou com o prefeito”, esclareceu.

— Para as famílias, está sendo muito importante, tanto que partiu delas o desejo de ir para lá, mesmo depois de as casas terem sido saqueadas. Todos foram para o mesmo conjunto, onde estão os outros moradores. Vão ser vizinhos, como se o bairro tivesse sido transferido — ressaltou a subsecretária municipal de Desenvolvimento Humano e Social, Elma Coelho, que acompanhou, na manhã desta segunda-feira, a demolição das casas na Margem da Linha.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Humano e Social, Sana Gimenes, a entrega foi decidida após uma reunião, onde os próprios moradores sugeriram fazer a mudança e arcar com as despesas de algumas reformas que faltavam para as entregues. “Apesar das dificuldades financeiras que o município tem passado e dos problemas judiciais que envolvem o Morar Feliz, estamos preocupados em oferecer condições mínimas para a habitação dessas famílias. As casas que foram entregues já estavam prontas desde o ano passado, mas foram depredadas ao longo do tempo. Então os moradores fizeram essa solicitação e nós observamos que faltavam alguns reparos que foram custeados pelos próprios moradores a pedido deles”, explicou.

Apesar da resistência de parte da população que vive na área, ela explicou que a negociação com o poder público começou pelos habitantes da comunidade, que, segundo ela, propuseram realizar a reforma. “A gente até sabe que, mesmo as casas estando prontas e sendo saqueadas, a Prefeitura poderia ter reformado. Mas, nas condições em que estamos, íamos demorar muito. Então, eles se prontificaram”, detalhou.

Morador da Linha há 45 anos, o servente Reinaldo Guimarães Rodrigues, 52 anos, contou que a mudança para Ururaí, que aconteceu há seis meses, tem pontos positivos e negativos. “Estamos gastando com a casa, que está toda destruída, só com ajuda dos familiares. Não tinha porta, janela, vaso. Eu que comprei e coloquei. Até os pisos foram danificados. Por outro lado, foi bom. Porque, aqui, não passa ônibus perto e, quando chove, tem muita lama. Lá, não. É tudo pista e fica mais tranquilo”, contou. A residência em que ele morava, na comunidade, foi demolida na manhã desta segunda.






Segundo maior porto da Europa aporta no Açu

(Fotos: Paulo Pinheiro | Folha da Manhã)
Possibilidade de crescimento industrial e suporte foram determinantes para a escolha do Porto do Açu na parceria com o Porto de Antuérpia, segundo maior porto da Europa. A afirmação é do diretor geral do Porto de Antuérpia Internacional, Kristof Waltershoot.


Pelo contrato, o PAI irá investir U$ 10 milhões no Porto do Açu pela operação do Terminal Multicargas e aluguel de áreas.

A prefeita Carla Machado disse que a parceria significa mais desenvolvimento para região, sempre respeitando a sustentabilidade e as questões sociais.
O CEO da Prumo, José Magela, destacou que o contrato demonstra as oportunidades oferecidas pelo porto.
A visita está sendo acompanhada pelo embaixador da Bélgica no Brasil, Dirk Loncke, e o cônsul geral da Bélgica Christian Bula.





Fonte: Blog Na Curva do Rio 

Ordem Pública participará do encontro, em Atafona, no Espaço da Ciência

(Foto: Divulgação)
A Secretaria Municipal de Ordem Pública participará, na quarta-feira, 26, de mais uma reunião do Conselho Comunitário de Segurança (CCS) de São João da Barra. O encontro será às 9h, no Espaço da Ciência Maria de Lourdes Coelho Anunciação, na Avenida Atlântica, Balneário de Atafona, e tem por objetivo discutir políticas públicas de prevenção à violência e ações de combate à desordem e à criminalidade.

Além da presença da diretoria do Conselho Comunitário de Segurança, e dos membros natos – delegado da 145ª DP, Carlos Augusto Guimarães, e o comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Fabiano Santos – todas as pessoas interessadas poderão participar.

“Às vezes, devido ao trabalho intenso, é difícil o acesso da população aos comandos de Polícia Civil e Militar. Essas reuniões mensais, portanto, são importantes para proporcionar aproximação e a facilidade de acesso às autoridades policiais”, declarou o presidente do CCS, Luiz Rocha.

“Realizamos reuniões itinerantes visando identificar as questões de segurança nos bairros, com intuito de implementar possíveis alternativas de resolutividade”, comentou Luiz, agradecendo à Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos que disponibilizou o local para o encontro.





Fonte: Ascom PMSJB

Suspeito de assalto fura bloqueio policial e capota na BR-101, em Campos

(Foto: Campos24horas)
Um homem roubou um carro, modelo Saveiro, após um assalto à mão armada e capotou com o veículo depois de furar um cerco policial. O caso ocorreu na noite desta segunda-feira(24), por volta das 22, na BR-101(Campos-Vitória), na altura do Supermercado Atacadão, na área e Guarus, em Campos. O homem. identificado como E.B.S., de 18 anos, acabou preso por policiais militares do GAT II e do DPO de Travessão.

Segundo a polícia, o suspeito roubou o carro em Travessão. Depois de furar o cerco policial, ele capotou com o carro, que ficou completamente destruído. Já o suspeito sobre alguns ferimentos.

Dentro do carro, os militares encontraram com um revólver calibre 38 e o mater.






Fonte: Campos24horas

São João da Barra promove Conferência Municipal de Saúde na quinta-feira

(Foto: Divulgação)
São João da Barra promove, na próxima quinta-feira, 27, a X Conferência Municipal de Saúde. O objetivo é discutir as políticas públicas para o setor e o novo Plano Municipal de Saúde, a ser elaborado com base nas propostas apresentadas no evento, que acontecerá das 8h às 17h, no Ciep-265 Municipalizado Profª. Gladys Teixeira.

O tema central da Conferência é “Fortalecimento dos SUS, como ênfase na Atenção Básica, como direito à Saúde”. Poderão participar entidades governamentais e não governamentais e a população de um modo geral. As inscrições podem ser feitas na Sala de Reunião dos Conselhos, localizada na Policlínica, ou no momento do evento.

“Será um momento de oportunizar a participação popular para discutir as políticas públicas de Saúde e elaborar as propostas para o Plano Municipal. É importante, portanto, que a população compareça e participe”, explica Geisa Retameiro, enfermeira da Secretaria Municipal de saúde e que integra o Conselho Municipal de Saúde no segmento trabalhador.

As propostas reunidas durante a Conferência irão compor o relatório final para elaboração do Plano Municipal de saúde, que entra em vigor sempre no segundo ano da nova administração municipal e tem quatro anos de vigência.






Fonte: Ascom PMSJB

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Prefeitura de Campos volta a fornecer refeição para funcionários do HFM e HGG

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A Prefeitura de Campos voltou a fornecer refeições para os funcionários do Hospital Ferreira Machado (HFM) e do Hospital Geral de Guarus (HGG) desde o último sábado (22). A informação foi confirmada por meio de nota oficial da Superintendência de Comunicação Social (leia abaixo).

As refeições foram suspensas — tanto para os funcionários do HFM quanto do HGG — no dia 12 de julho. Na ocasião, a prefeitura informou que motivo da medida era “a falta de abastecimento” e o objetivo do corte era “assegurar a assistência nutricional aos pacientes e acompanhantes”. À época, a Secretaria de Gestão Pública acrescentou que “os servidores que ganham até R$ 3.409,37 recebem o Auxílio Alimentação da prefeitura no valor de R$ 200, que contribuem para a alimentação do funcionalismo”.

Segue a nota sobre o retorno das refeições aos funcionários da Fundação Municipal de Saúde (FMS):

“A secretaria municipal de Saúde informa que os servidores do Hospital Ferreira Machado (HFM) voltaram a receber alimentação neste sábado (22), após corte do beneficio ter sido tomado nesta semana diante da grave crise financeira enfrentada pelo município.

O retorno da alimentação dos funcionários do Hospital Ferreira Machado se deve a uma negociação entre a Prefeitura e a empresa responsável pelo fornecimento dos produtos, o que possibilitou a regularização da situação“.







Fonte: Terceira Via

Corpo de Bombeiros salva criança de seis anos em incêndio, em Campos

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Uma criança de apenas seis anos foi salva pelo Corpo de Bombeiros Militar de um incêndio na noite deste domingo (23), na Avenida Carmen Carneiro, no subdistrito de Guarus, em Campos.

Segundo informações, no momento das chamas os moradores saíram da casa, mas perceberam que a criança tinha ficado na residência, ao retornarem para salvar a criança, os moradores não tiveram sucesso, já que as chamas rapidamente se alastraram.

A equipe do Corpo de Bombeiros Militar foi acionada e conseguiu salvar a criança que recebeu os primeiros socorros ainda no local das chamas.

Existe a suspeita de que o incêndio tenha sido criminoso. O caso foi registrado na 146ª Delegacia Legal de Guarus para investigação.






Fonte: Terceira Via

Grande público prestigia Arraiá Gastronômico em Grussaí



O 1º Arraiá Gastronômico de São João da Barra, promovido pelos proprietários de quiosques do Polo Gastronômico de Grussaí, com apoio da Prefeitura, superou a expectativa de vendas nos dois primeiros dias – sábado e domingo – de acordo com os comerciantes. Milhares de pessoas puderam comprovar e saborear os pratos servidos a R$ 15,00 e a previsão é que, nos dias 29 e 30 de julho, o público aumente ainda mais.

A proprietária do Nosso Quiosque, Thais Abreu Souza, relatou que o primeiro dia de vendas do Arraiá Gastronômico foi equivalente ao primeiro dia do Festival Sabores da Barra, realizado em Atafona, no mês de abril. Devido a magnitude do evento, ela afirma que investirá em mão de obra para o próximo fim de semana. “Atuamos com uma equipe de 11 pessoas e aumentaremos esse quantitativo pra melhorar ainda mais o atendimento”, frisou Thais, que se surpreendeu com as vendas.



“O Arraiá Gastronômico conseguiu reunir uma quantidade grande de pessoas, superando até mesmo as vendas nos dias de verão”, declarou o responsável pelo Quiosque do Cigano, Aguinaldo Alves dos Santos, que também investirá em mão de obra, contratando pelo menos mais um garçom, um balconista e um auxiliar de cozinha.

A presidente da Casa do Artesão Alcimar Simões Bomgosto, Mauricéia Teixeira, também participou do evento comercializando artesanato e doces da culinária local. “As vendas foram excelentes e nossa ideia em abrir espaço para o setor de doces foi justamente para agregar valor e dar oportunidade as pessoas que tem profissionalismo e competência e não tiveram a chance de expandir o seu negócio”, disse Mauricéia, que disponibilizou todos os tipos de artesanato para os visitantes.

Além da gastronomia local, apresentações musicais e de danças integraram a programação de domingo, 23, que contou com a participação da Companhia de Dança Anônimos da Arte (Quadrilha “Saudade o meu remédio é cantar”), Quadrilha “Mãe querida Maluca de Barcelos” e o show da banda, Levada Mix. Uma área para recreação, com preços acessíveis, também foi reservada para proporcionar entretenimento e lazer para as crianças.

A Secretaria de Ordem Pública, por meio da Guarda Civil Municipal, em parceria com a Polícia Militar, ficou incumbida de cuidar da segurança proporcionando tranquilidade e paz num ambiente agradável e familiar, onde não houve registro de nenhuma ocorrência policial durante o decorrer do evento. Já a Secretaria Municipal de Saúde, disponibilizou UTI Móvel para suporte de socorro médico, garantindo o primeiro atendimento e a remoção de pacientes para hospital, caso necessário.


No sábado, 29, Trio Lamparão, e no domingo, 30, Davi Alves, são as atrações musicais para o próximo fim de semana. Apresentações culturais também fazem parte da programação: no dia 29, quadrilha “Lua cheia – encantos e mistérios do Pontal de Atafona”, do grupo Lourenço do Espírito Santo e quadrilha “Saudade, o meu remédio é cantar” da Companhia de Dança Anônimos da Arte. No dia 30, apresentações de dança típicas da Associarthis e quadrilha “Mãe querida maluca”, de Barcelos.

A apresentação de um cardápio diversificado de comidas típicas da culinária local, incluindo desde frutos do mar a carnes variadas, servido a partir de R$ 15,00, são os principais atrativos oferecidos no evento. Bobó de carne seca, paella mineira, mocotó, arroz carreteiro, feijoada, caldos de mandioquinha com costela suína, verde e abóbora com carne seca, além de moqueca de cação e camarão com farofinha de banana estão entre os pratos vendidos.




Fonte: Ascom PMSJB

Reabertura da Apae: Carla Machado e Benedita da Silva participaram do encontro

(Foto: Divulgação | Ascom PMSJB)
Uma reunião na Apae de São João da Barra, promovida pela direção interina nesta sexta-feira, 21, informou aos pais de alunos as ações desenvolvidas nos últimos meses visando a reabertura de entidade, o que tem previsão de acontecer até meado de agosto. A prefeita Carla Machado participou do encontro, acompanhada da deputada federal Benedita da Silva, e reafirmou seu compromisso em prol da volta das atividades e da atenção total aos alunos.

“Com a intervenção pela Federação das Apaes do Estado do Rio de Janeiro (Feapaes-RJ) e a falta de documentos da Apae que permitisse o convênio imediato com o município, disponibilizamos um plano de ação em conjunto com o Centro Municipal de Educação Especial (CMME) para atendimento aos assistidos da Apae”, frisou a prefeita Carla Machado.

Em São João da Barra a convite da prefeita para participar do encontro na Apae, a deputada Benedita reiterou a união de esforços visando a reabertura da entidade. “Irei propor na Câmara dos Deputados uma emenda parlamentar para que a Apae possa receber recursos, através da Prefeitura, com o intuito de desenvolver o seu plano de trabalho”, destacou.

Segundo a presidente interina, Gerlane Gonçalves, o prédio foi reformado e no momento estão sendo providenciadas as certidões negativas junto aos governos federal e estadual, para que a Apae esteja apta a formalizar convênio com a Prefeitura Municipal. “A visita da deputada foi positiva, ela propôs ajudar de diversas maneiras, inclusive incluindo uma emenda parlamentar favorecendo a instituição através da Prefeitura”.

– Tenho um carinho grande pela Apae e sei de sua importância para uma cidade. Farei o possível junto com a prefeita Carla Machado para que os serviços oferecidos voltem à normalidade - finalizou Benedita.





Fonte: Ascom PMSJB

Erros comuns que podem estar atrapalhando reduzir gordura corporal

(Foto: Reprodução)
Progredir e ter sucesso em uma dieta não é tão difícil assim. Contudo, alguns erros comuns e nem tão difíceis assim de serem ajustados, podem estar te atrapalhando a perder aquela gordurinha indesejável. Vamos a eles? 

# Dietas muito restritivas e pobre nutricionalmente - desconfie de dietas muito restritas. Elas irão sim lhe proporcionar uma redução rápida de peso, Mas a custa do quê? Essa redução de peso foi apenas de gordura corporal? Com dietas assim, você conseguirá manter o seu corpo depois? Certamente não. Não arrisque a sua saúde em dietas malucas e desconfie se algum nutricionista lhe passar algo do tipo. Certamente o seu bem estar e a sua qualidade de vida, não estão sendo contabilizados nesse plano. Busque um emagrecimento saudável, eliminando gordura e não sua composição corporal como um todo. Estudos sobre dietas de baixa caloria que fornecem menos de 1.000 calorias por dia mostraram que podem levar à perda muscular e retardar significativamente o metabolismo. Não é esse seu objetivo, certo? 

# Esqueça a balança – a balança indica apenas uma variação de peso e o peso é influenciado por várias coisas, inclusive pela comida que ainda permanece no seu organismo. Alterações hormonais, principalmente em mulheres aumentam a retenção hídrica o que promovem uma impressão ilusória da não redução de peso. Deixe para o nutricionista avaliar o seu progresso numa boa avaliação física durante a consulta.

# Não se exercitar – Para a redução de gordura é necessário criar um déficit negativo. Se você não pratica exercício físico enquanto restringe calorias, é bem provável que você perca mais massa muscular do que gordura. O exercício físico contribui para que o seu ritmo metabólico não seja diminuído. 

# Não comer fibras suficientes- Pesquisas sugerem que todos os tipos de perda de peso são beneficiadas com as fibras. No entanto, uma revisão de vários estudos mostraram o efeito da fibra viscosa na redução do apetite e na menor ingestão de calorias muito mais do que os outros tipos de fibras. Uma dieta pobre em fibras, certamente pode estar atrapalhando seu resultado na redução de peso ( gordura).


# Não estipular metas – esqueça o mundo fantasioso do instagram. Estipule metas realistas e dentro da sua realidade. As chances de desanimar e desistir serão bem menores. Converse com seu nutri e junto com ele, estipulem uma meta modesta e possível de ser alcançada. Após isso, tracem outra meta.




Paula Queiroz (22)997430537 Bióloga, Nutricionista 🍏🍎 📞Consultório particular (22)997430537 📞Pelle Medical SPA 999682283 📞Revitalize (São Fidélis) 997271653

Porto do Açu assina contrato de parceria com o segundo maior porto da Europa

(Foto: Divulgação)
A Prumo Logística, empresa que opera e desenvolve o Porto do Açu, divulgou nesta segunda-feira, 24, ao mercado a assinatura de um contrato com o Porto de Antuérpia Internacional (PAI) — subsidiária da autoridade portuária da Antuérpia e segundo maior porto da Europa.

De acordo com o contrato, a PAI irá investir US$ 10 milhões na Porto do Açu SA, subsidiária da Prumo e responsável pela operação do Terminal Multicargas (Tmult) e aluguel de áreas no complexo portuário. Pelo investimento, a empresa irá deter 1,176% do capital social da Porto do Açu, além de contar com um assento no conselho de administração da subsidiária. O documento também prevê a opção de investimento de outros US$ 10 milhões, em até 18 meses, ampliando a participação do PAI para 2,352%.

Para José Magela, CEO da Prumo, a parceria confirma a grande atratividade do Porto do Açu. “Esta parceria é a união da experiência e do conhecimento na operação e no desenvolvimento de um complexo Porto Industria com a eficiência e as oportunidades oferecidas pelo Porto do Açu”, disse o executivo.

Jacques Vandermeiren, CEO do Porto da Antuérpia afirma: “Nós escolhemos investir no Porto do Açu, entre outros portos, devido à sua localização estratégica perto de campos de petróleo e gás, além de estar na região sudeste — principal área econômica do país. Além disso, o Açu é um exemplo de porto privado de sucesso e já operacional, desenvolvido por um parceiro confiável e com foco na sustentabilidade. Finalmente, é uma oportunidade única para o PAI participar do desenvolvimento de um porto, ao mesmo tempo em que aumenta a posição da Antuérpia na América Latina, tornando-o porto preferencial para o continente”.

A PAI é uma subsidiária da autoridade portuária da Antuérpia, e foi criada para participar e investir em portos no exterior e projetos relacionados a portos em regiões estratégicas como o Brasil. O Porto da Antuérpia está entre os maiores do mundo. Movimenta 210 milhões de toneladas no transporte marítimo internacional e possui área total de 120 km². Atualmente, o Brasil é o 6º maior parceiro comercial do Porto da Antuérpia, com cerca de 6,4 milhões de toneladas de frete trocadas anualmente.










Fonte: Blog do Arnaldo Neto | Parahybano

Aberto oficialmente Arraiá Gastronômico em São João da Barra

(Foto: Divulgação | Ascom PMSJB)
O I Arraiá Gastronômico, que deverá atrair cerca de 12 mil pessoas nesse e no próximo final de semana, ao Polo Gastronômico, em Grussaí, foi aberto oficialmente na tarde deste sábado. O evento é organizado pelos proprietários dos quiosques que funcionam no local, com o apoio da Prefeitura de São João da Barra, e serão oferecidos ao público pratos da culinária local ao preço de 15 reais, atrações culturais, musicais e quadrilhas.

A prefeita Carla Machado participou da abertura juntamente com integrantes da administração municipal e vereadores. Ela destacou a iniciativa e a união dos comerciantes tanto para alavancar as vendas em um período de baixa temporada e de crise quanto para o incentivo ao turismo no município de uma forma geral.

"O Arraiá está aberto oficialmente. Parabenizo a todos esses guerreiros, permissionários dos quiosques, pelo grande evento, que irá acontecer em um clima de muita alegria", disse a prefeita, que percorreu todos os estabelecimentos juntamente com o repentista Muquiucho e o grupo Sensação do Forró, numa animação que deu o tom do que será o Arraiá.

Proprietária do Chalé do Mineiro, um dos oito quiosques que funcionam no espaço, Iêda Amaral agradeceu à Prefeitura pelo suporte, dedicação e ressaltou o engajamento para a realização do evento. "O apoio que estamos recebendo do poder público é primordial. Tudo foi preparado com muito bom gosto e de forma bem bacana para encantar e atender da melhor maneira possível clientes, visitantes, turistas e o povo de São João da Barra", destacou a comerciante, lembrando que, por conta do evento, triplicou o número de funcionários, gerando oportunidade a quem está a procura de um trabalho nessa época.

Programação - Na noite deste sábado, 23, o Arraiá Gastronômico tem como atrações a banda Levanta Saia e os grupos culturais Lourenço do Espírito Santo, com a quadrilha “Lua cheia – Mistérios e encantos do Pontal de Atafona” e, Sonho, Amor e Fantasia, com a “Quadrilha Tradição”.

Domingo, tem o forró com o grupo Levada Mix e a companhia de dança Anônimos da Arte, que apresentará a quadrilha "Saudade, meu remédio e cantar", seguida da quadrilha "Mãe queria maluca", de Barcelos. Grupos de forró pé se serra também estarão animando o Arraiá Gastronômico, que prossegue nos dias 29 e 30 de julho.






Fonte: Ascom PMSJB

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Maré sobe outra vez na praia de Atafona

(Foto: Paulo Pinheiro)
A maré em Atafona voltou a subir na tarde desta quarta-feira e, com isso, o mar avançou mais um pouco na praia de São João da Barra. No entanto, segundo o coordenador de Defesa Civil do município, Adriano Assis, tudo está sob controle e monitoramento na orla segue normalmente.

— A maré encheu um pouco, mas tudo está sob controle. Seguimos com o monitoramento na área 24 horas por dia — pontuou Adriano.

Segundo a Marinha, não há previsão de ressaca para os próximos dias na área do mar de Atafona.

Enquanto isso, o município segue com o trabalho para viabilizar as obras de contenção do mar. Até o fim deste mês, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) ao executivo sanjoanense a Instrução Técnica que norteará o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para a liberação da licença ambiental.

Após análise e aprovação do EIA/Rima pela equipe do Inea e pela Comissão Estadual de Controle Ambiental (Ceca), será necessária uma audiência pública e dar um prazo de 10 dias para que a sociedade e as instituições se manifestem. Não havendo manifestação contrária por parte do Ministério Público, será feita a análise final para a concessão da licença prévia.

Além disso, os movimentos populares em apoio à contenção do mar de Atafona e Barra do Açu também segue em crescimento. Até o final da tarde desta quarta, mais de 2.900 apoiadores da causa já haviam assinado um abaixo-assinado que veicula no site da Prefeitura de São João da Barra.

A meta é atingir, pelo menos, 20 mil assinaturas para que o documento seja enviado aos Ministérios das Cidades, da Integração Nacional, Câmara dos Deputados, Senado Federal, Governo do Estado e Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Com a iniciativa, o poder público municipal e a sociedade esperam sensibilizar as autoridades competentes para uma análise emergencial e que medidas sejam tomadas para solucionar de forma definitiva a situação, se estendendo à praia do Açu, onde o avanço também vem acontecendo de forma recorrente.





fonte: Folha da Manhã

Pense Diferente: prefeitos da região vão a Brasília por correção dos royalties

(Foto: Divulgação)
O prefeito de Campos Rafael Diniz foi a Brasília nesta quarta-feira (12), onde esteve reunido com outros prefeitos representantes da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro). Eles buscam avanços relativos à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as transferências dos valores referentes aos royalties e participações especiais devidos ao Rio de Janeiro.

A decisão do ministro do STF, Marco Aurélio Mello, define que as transferências sejam feitas com valores corrigidos pela taxa média referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). Assim, o governo do Rio deverá arrecadar R$ 32 milhões a mais por ano a título da correção monetária dos royalties. Com isso, os municípios produtores de petróleo também têm direito de receber parte desse dinheiro.

Durante a agenda desta quarta, Rafael, junto aos outros representantes da Ompetro e também dos deputados Altineu Côrtes e Soraya Santos, estiveram na secretaria de Tesouro Nacional, onde foram recebidos pela secretária Ana Paula Vescovi, e também na Advocacia Geral da União, sendo recebidos pela ministra Grace Mendonça.

De acordo com Rafael Diniz, avanços significativos foram alcançados nestes dois encontros.

— Tivemos a oportunidade de levar ao conhecimento tanto da secretária quanto da ministra as nossas reivindicações. Elas tomaram ciência e ficou definido que irão tomar providências para que as decisões possam ser cumpridas, decisões essas que já foram transitadas em julgado. Todos entendem que os municípios têm direito sim — explica o prefeito.






Fonte: Ascom

Família feita refém por bandidos que roubaram residência em Grussaí

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Família é feita refém, desta vez na Rua Cinco, no bairro Lagoinha, em Grussaí, por volta das 23h de ontem, 12.

Segundo informações da polícia, os três homens armados entraram em uma loja de roupas e não conseguiram praticar o assalto programado. Minutos depois, os bandidos invadiram uma residência, fizeram toda família refém e levaram uma quantia de R$ 972,00 em dinheiro, três aparelhos celulares, um microondas e uma TV 32’ em um carro de passeio, de cor escura.

A polícia acrescenta, ainda, os quatro moradores conseguiram se soltar, abrir a porta de um cômodo da residência e pedir socorro.

Um cerco foi montado na área de toda a 5ª Cia, São João da Barra, mas até o momento ninguém foi localizado.

O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.






Fonte: Parahybano

Carla Machado em Brasília: duplicação da BR-356 volta a ser pauta de reivindicação

(Foto: Divulgação)
Assunto amplamente discutido nas gestões anteriores da prefeita Carla Machado, a necessidade de duplicação do trecho da BR-356 entre a cidade de Campos dos Goytacazes e o distrito de Atafona, em São João da Barra, entra novamente na pauta de revindicações do Município ao Governo Federal. Cumprindo agenda em Brasília, a prefeita se reuniu com o presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, Altineu Côrtes, solicitando intervenção junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) e à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Por ser a principal via de acesso à cidade de São João da Barra, aos distritos de Grussaí, Atafona e à R-240 – que dá acesso ao Porto Açu e a todo o quinto distrito –, a BR tem hoje um grande fluxo não só em razão do tráfego de inda e vinda aos diferentes pontos do município, mas também de veículos de grande porte devido à instalação do empreendimento portuário. O aumento considerável de veículos transitando diariamente no período de alta temporada, em decorrência do potencial turístico do litoral sanjoanense, é outro fator a somar na necessidade da duplicação, como explica a prefeita.

– São João da Barra, dentro do contexto regional, é o município com mais perspectivas de crescimento e um dos mais procurados por turistas e veranistas. A duplicação da BR-356 torna-se, portanto, uma necessidade para absorver todo esse fluxo, que envolve o município nos seus diferentes distritos e localidades e no megaempreendimento que se instalou em nosso território. Lá atrás já discutíamos essa questão da duplicação do trecho BR-356. Agora, novamente exercendo a função de prefeita, volto a abrir diálogo com os órgãos competentes para que possamos ver essa obra se tornar realidade – destacou a prefeita.

O trecho da BR-356 ligando Campos dos Goytacazes ao distrito de Atafona tem aproximadamente 50 km de extensão. Além de cortar a sede do município, e a fazer ligação com a estrada que com destino ao distrito de Grussaí, tem em suas margens algumas das principais localidades sanjoanenses, como Barcelos, Cajueiro e Degredo. A rodovia também permite acesso às estradas cque vão para o quinto distrito, onde estão concentradas dezenas de comunidades rurais e a praia do Açu.

Royalties na agenda em Brasília – Também na pauta da agenda em Brasília, a prefeita Carla Machado, juntamente com prefeitos de demais municípios que compõem a Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), esteve reunida com secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vitali Janes Vescovi, e com a ministra da Advocacia Geral da União (AGU), Grace Maria Fernandes Mendonça. Com base da decisão do Supremo Tribunal Federal que beneficiou o estado do Rio de Janeiro, os prefeitos pleiteiam a correção dos valores no repasse aos municípios.






segunda-feira, 10 de julho de 2017

Macaé: Terceirizada da Petrobras demite dois mil funcionários nesta segunda

(Foto: Reprodução)
A UTC Engenharia, terceirizada da Petrobras, de Ricardo Pessoa, inicia hoje a demissão de 2 mil pessoas em Macaé. O desligamento desses funcionários em função da decisão da Petrobras de bloquear parte dos pagamentos destinados à empreiteira, uma das companhias enroladas na Lava-Jato. Mais 2 mil pessoas podem sair até o final da semana, caso a Petrobras mantenha a decisão.

Em outra frente, a assinatura do acordo de leniência a empresa com a Controladoria-Geral da União sairá em breve.






Fonte: Blog Radar/Veja