domingo, 15 de julho de 2018

O drama dos sem-teto aumenta no inverno de Campos

(Foto: Silvana Rust)
Na teoria, o direito à moradia digna é garantido a todos pela Declaração Universal dos Direitos Humanos desde 1948. Especificamente no Brasil, foi incluído expressamente como direito ano de 2000, por meio da emenda constitucional nº 26. Mas, na prática, a situação é outra. O problema não acontece apenas em Campos, mas, por questões geográficas, o município acaba sendo local de passagem e de permanência de pessoas em situação de rua, trazidas e levadas BR-101, que liga o país de Norte a Sul. De acordo com a secretaria municipal de Desenvolvimento Humano e Social, não é possível mensurar um número de pessoas morando nas ruas de Campos, mas, também, segundo mesmo o órgão, a maioria vem de outros municípios e estados. A Política Nacional para a População em Situação de Rua, criada em 2009, responsabiliza aos municípios, estados e à própria União por estabelecer diretrizes para garantir direitos e mais dignidade a essas pessoas.

O clima mais inóspito do inverno pode deixar os dias de quem mora nas ruas ainda mais longos. Na quarta-feira, dia 11, quando esta reportagem foi feita, os termômetros marcavam mínima de 16°C e a chuva não dava trégua. Neste cenário, o capixaba Paulo Henrique Silveira, 41 anos, recém-chegado de São Paulo, buscava abrigo em uma das marquises do centro da cidade. Foram muitas as dificuldades narradas pelo morador de rua, mas nenhuma pior que a indiferença com que a maioria o trata. “O frio incomoda, mas a indiferença congela ainda mais”, reclamou.

Paulo Henrique disse que deixará Campos em breve, mas que não escolheu seu próximo destino. Segundo ele, a falta de oportunidade devido à baixa escolaridade o levou à condição extrema de morar nas ruas. “No início, há cerca de 10 anos, quando fui despejado, eu achei que seria algo provisório, mas a situação do país foi ficando cada vez pior e não consegui mais sair disso. Virou uma bola de neve”, expôs Paulo, que não tem mais contato com a família e vive da venda de artesanato feito com latinhas de refrigerantes e de esmolas.

Em outro ponto do Centro, na marquise do prédio dos Correios, Maria de Fátima do Nascimento, 52 anos, passa as noites há cerca de dois meses. Ela também veio de São Paulo e disse que nem lembra mais quanto tempo vive assim. “Não é uma vida fácil, meu filho, mas é a única que Deus me deu”, lastimou.

Abrigos municipais
A Prefeitura de Campos mantém três locais voltados à população em situação de rua, sendo que cada um deles cumpre uma função: na Casa de Passagem, a permanência é de três meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. O Centro Pop é um centro de referência especializado, sendo considerado o regulador de vagas, onde as pessoas são referenciadas. Já no abrigo, eles podem dormir porque é de longa permanência, mas precisam cumprir algumas regras.

A diretora do Departamento de Proteção Especial da secretaria municipal de Desenvolvimento Humano e Social, Samara Soares Rodrigues, detalha que o Centro Pop, que é a central de atendimento de entrada para esse público, atende 50 pessoas por dia fornecendo café, banho, almoço e lanche da tarde, além de todo serviço multidisciplinar com assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, advogados e orientadores sociais.

É a partir do Centro Pop que as pessoas atendidas podem ser encaminhadas para a Casa da Passagem, que conta com 30 vagas, com permanência de três a seis meses, onde uma equipe multidisciplinar também trabalha fortalecendo vínculos; para o Abrigo Lar Cidadão, onde há outras 20 vagas e para o Albergue Francisco de Assis, com 11 vagas para pernoite.

Samara reforça que pessoas em situação de rua têm direitos e são atendidas pelos equipamentos de proteção social do município para o resgate de projetos de vida, criação de vínculos e apoio em caso de necessidades.

“A maioria das pessoas em situação de rua em Campos tem vínculos familiares rompidos por vários motivos, sendo grande parte por problemas com dependência de álcool ou drogas. Nestes casos, elas também são encaminhadas aos Centros de Atenção Psicossocial (Caps)”, disse a diretora, lembrando que não existe mais a política de remoção compulsória.

Ainda segundo a diretora, as características geográficas de Campos, que é cortada pela BR-101, facilitam a variação da população em situação de rua.

Solidariedade aquece a alma e alimenta o corpo

Solidariedade que faz a diferença
Todas as noites de terça-feira, o Grupo Alegria se reúne para aplacar a fome de comida e de carinho daqueles que vivem nas ruas em condições de pobreza extrema. A psicóloga e uma das coordenadoras do projeto, Júlia Arêas, lembra que o grupo já faz isso há cerca de seis anos e que a ação não é restrita à distribuição lanches. Existe a preocupação de incorporar outras necessidades. Entre 80 e 100 pessoas são atendidas por noite.

“Escolhemos distribuir lanche porque outros grupos já entregam refeições. No caso da quentinha, ela precisa ser consumida na hora, mas o lanche pode ser guardado para outra ocasião, quando a fome apertar durante a madrugada. Nós também tentamos resolver, na medida do possível, outras necessidades. Por exemplo, se a pessoa está procurando emprego, nós fazemos o currículo”, detalhou Júlia.

A coordenadora do Grupo Alegria ressalta que qualquer pessoa que estiver interessada em ajudar pode fazer contato pelas páginas do projeto no Facebook e no Instagram. “Nós sempre divulgamos as ações nas redes sociais. Nelas, nós detalhamos quais ingredientes vamos precisar, a hora e o local do encontro. A partir daí, as pessoas se manifestam e dizem o que elas vão doar”.

O outro lado
Brigas, acúmulo de lixo, uso de álcool e de drogas são reclamações de quem mora próximo a locais com aglomerados de pessoas em situação de rua. O Jardim São Benedito, ao redor da Igreja, passou a ser um desses pontos em Campos. Uma moradora, que preferiu não se identificar, acredita que o número de pessoas no local vem crescendo. Para ela, o fato de ter a vizinhança cercada por desconhecidos causa insegurança.

“No início, eram cerca de três pessoas, mas agora já passam de 10. É uma situação que causa uma mistura de impotência, por não podermos resolver o problema delas, e de insegurança, porque não sabemos quem elas são”, comentou.

A Ordem do Berço e a Irmandade de São Francisco de Assis desenvolvem ações sociais com pessoas carentes, incluindo os moradores em situação de rua do entorno da Igreja São Benedito.






Homem encontrado morto no Centro de São João da Barra

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Um homem foi encontrado morto no início da tarde deste domingo (15), no Centro de São João da Barra.

A identificação preliminar é Paulinho Pato, pintor. O corpo foi encontrado numa residência na Rua São João.

O corpo será removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos dos Goytacazes e o caso será registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.







Fonte: Portal OZK

sábado, 14 de julho de 2018

Prefeitura de SJB faz agendamento para distribuição de kit para conversor de sinal de TV digital


Famílias com renda de até três salários mínimos e que estão inseridas no Cadastro Único do Governo Federal terão direito a receber gratuitamente o kit digital, composto de conversor com controle remoto e uma antena UHF. A medida deve-se ao desligamento do sinal de TV analógico, a parir de 28 de novembro, em 58 municípios do Estado do Rio de Janeiro, incluindo São João da Barra.

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do município realiza, a partir de segunda-feira, 16, nos polos de cadastramento nas unidades do Centro de Referência da assistência Social (Cras) o agendamento das famílias aptas a receber o kit, distribuído pela Seja Digital (EAD – Entidade Administradora de Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais TV e RTV).

Para efetuar o agendamento, é necessário possuir Número de Identificação Social (NIS). A Secretaria alerta a quem ainda não possui, que o prazo de 48h para que seja gerado, mediante inscrição no Cadastro Único, poderá ser estendido devido a problemas de inoperância no sistema.

O agendamento no município de São João da Barra acontece nos Cras de Atafona, Barcelos, Grussaí e Sabonete. A entrega dos kits será feita pelos Correios.





Fonte: Secom – SJB

Homem esfaqueado no Centro de São João da Barra

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Um homem foi esfaqueado por volta das 16h deste sábado, 14, no Beco do Bongosto, ao lado do Clube Fluminense, Centro de São João da Barra. O suposto autor do crime foi preso minutos depois pela polícia.

De acordo com informações da polícia, Fábio Higino, de 39 anos, estava de bicicleta quando foi alvejado a facadas.

Fábio, ferido, seguiu de bicicleta até a uma residência na Praça de São Pedro para pedir socorro. De lá foi encaminhado até a emergência da Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra e logo transferido ao Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes.

O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.






Fonte: Parahybano

Arraiá Gastronômico de Grussaí e Festa Julina do Açu acontecem este mês

(Foto: Arquivo | divulgação)
Já estão definidas as atrações do Arraiá Gastronômico do Polo Gastronômico de Grussaí e da Festa Julina do Açu, que acontecerão este mês em São João da Barra.

A Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer da Prefeitura sanjoanense vem trabalhando para executar os eventos já a partir da próxima semana. O Arraiá Gastronômico, segunda edição, acontecerá nos dias 20, 21 e 22 de julho, sexta, sábado e domingo, respectivamente.

Já no último final de semana do mês, dias 27, 28 e 29 de julho, também sexta, sábado e domingo, será realizada a Festa Julina do Açu, no 5º Distrito.

Para os dois eventos, as atrações já foram definidas, faltando apenas a divulgação oficial por parte da Prefeitura. “Estamos atendendo todo o município com as festividades, que vão contar com a mesma programação musical da sede, shows regionais e apresentações das três quadrilhas de São João da Barra”, informou Edivaldo Machado, Secretário de Turismo, Esporte e Lazer.





PM recupera motosserra furtada de residência em SJB

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Uma máquina (motosserra) furtada de uma residência desde o mês passado, foi encontrada em um terreno por volta 17h desta sexta-feira, 13, no bairro Jardim das Palmeiras, em Atafona, distrito de São João da Barra.

De acordo com informações da polícia, após denúncias de que homens faziam poda de árvores na mata os militares foram ao local a após buscas foi possível encontrar uma motosserra, marca Stihl, abandonada e os suspeitos evadiram-se tomando rumo ignorado.

A polícia acrescenta, ainda, que foi feito contato com a vítima conforme RO 621/18 e através de fotos tiradas e enviadas por meio de aplicativo de celular, o filho da vítima reconheceu como sendo de sua propriedade.

O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.





Fonte: Parahybano

Homem assassinado a tiros em Quixaba, SJB

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Um homem foi assassinado a tiros por volta das 18h desta sexta-feira, 13, em Quixaba, distrito de São João da Barra. Este é o sétimo homicídio registrado neste ano.

De acordo com informações da polícia, o homem identificado apenas como Luiz, estava na rua quando foi alvejado a tiros por dois homens em uma motocicleta. Equipes do Resgate chegaram ao local, mas a vítima já estava sem vida.

Buscas estão sendo realizadas no local do crime na tentativa de localizar os autores dos disparos.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos dos Goytacazes, onde passará por necropsia e logo liberado para sepultamento.

O homicídio foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra.







sexta-feira, 13 de julho de 2018

Cidade da Criança com muitas atrações neste final de semana

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
A magia e animação das festas juninas continuam na programação na Cidade da Criança Zilda Arns e no próximo final de semana não vai ser diferente. Neste sábado (14) e domingo (15), os pequenos vão poder contar com diversas sessões de histórias contadas, pintura artística - ou com lápis de cera, esquetes teatrais, além das brincadeiras divertidas, brinquedos fixos, entre outras atrações. 

Uma verdadeira aquarela se formará no térreo do Castelo, onde serão realizadas pinturas artísticas e com lápis de cera de 10h às 12h, de 14h45 a 15h30 e de 19h às 20h. No sábado, haverá contação de história com tema "A Bomba de Chocolate”, com Emile Rocha, às 13h, 15h e 17h. No domingo, a contação será nos mesmos horários e, ainda, às 15h30 e 18h30 a história "A Tartaruga e a Águia será contada pelo animador cultural Valdiney Mendes. 

No sábado, também acontece a Esquete Teatral "O Mágico de OZ", com um elenco completo composto por Emille Rocha, Gladys Soares, Valdiney Mendes, Adriana Monteiro e Djulha Castro, às 15h30 e 18h. De 16h às 17h, nos dois dias, acontece, próximo ao Castelo, as brincadeiras divertidas. 

A Cidade da Criança fica na Avenida 28 de Março, s/n – no Parque Alzira Vargas. Crianças de até 12 anos (sempre acompanhadas dos pais ou responsáveis) e idosos a partir de 60 anos não pagam entrada. Estudantes a partir de 13 anos, mediante documento de identificação, pagam meia-entrada no valor de R$ 2,50. Já os adultos pagam R$ 5. O espaço funciona sempre aos sábados e domingos, das 10h às 21h.





Fonte: Secom PMCG

Procon de SJB, registra 475 atendimentos no primeiro semestre


Problemas relacionados a consumo e prestação de serviços, no período de janeiro a junho de 2018, resultaram em 475 atendimentos no Procon de São João da Barra. Durante todo ano 2017, foram registrados mais de 700 atendimentos. O funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ocorre na rua Benedito Gomes, próximo à praça São João Batista, no centro da cidade.

“Desse quantitativo do primeiro semestre de 2018, obtivemos 326 atendimentos finalizados, 132 não finalizados e 17 encaminhamentos ao judiciário”, contabilizou o coordenador municipal do Procon, Leandro Ferreira, ressaltando que as categorias das empresas mais reclamadas foram prestadoras de serviços elétricos, operadoras de telecomunicações, estabelecimentos bancários, prestadora de serviços de fornecimento de água, e estabelecimentos de comércio eletrônico.

O objetivo da coordenadoria do Procon é orientar à população sobre quais são os seus direitos e deveres, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Proteger sobre os abusos praticados no mercado, transmitir conhecimento, receber denúncias e reclamações e esclarecer dúvidas referentes às práticas consumeiristas estão entre os serviços prestados.

– Através do levantamento foi possível identificar e dialogar com as 103 empresas reclamadas neste período, visando minimizar os problemas relacionados a consumo ou prestação de serviço – completou Leandro, informando o número de telefone: (22) 2741-8297 e o e-mail: procon@sjb.rj.gov.br, com a finalidade de facilitar o atendimento junto à população.






Fonte: Secom PMSJB

Pacientes do Oncobeda participam de Festa Junina nesta sexta-feira

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Acontece na tarde desta sexta-feira (13), às 15h, a tradicional Festa Julina do Oncobeda, na Unidade 2 do Hospital Dr. Beda. Os pacientes darão uma pausa na dura rotina da luta contra o câncer para participarem do evento que é organizado pelos próprios funcionários do hospital. Comida típica, dança e brincadeiras levarão um pouco de alegria àqueles que têm passado momentos difíceis por cauda da doença.

De acordo com a psicóloga do Oncobeda, Ludmila Lang, o objetivo da festa é divertir os pacientes oncológicos e toda a equipe que os assiste.

“Muitas vezes, o câncer impõe uma rotina exaustiva aos pacientes e essa descontração é muito importante, traz muitos benefícios ao tratamento. Trata-se do resgate a autoestima dessas pessoas, de levar um sorriso ao rosto de cada um deles”, ressaltou a psicóloga.

Ainda segundo Ludmila, o hospital tem buscado promover com frequência eventos sociais como este, justamente, por entender a importância de momentos de descontração e alegria na rotina dos pacientes, sobretudo no ambiente hospitalar.





Fonte: Terceira Via

Petrópolis registra seu primeiro caso de morte por febre amarela


Um idoso que esteve em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, no dia 2 de junho, morreu com febre amarela. Nesta quarta-feira (11), a Prefeitura informou que foi notificada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) sobre o caso.

A região onde o idoso esteve, no distrito de Pedro do Rio, é de mata e a suspeita é de que ele tenha contraído a doença durante a visita. A Secretaria de Estado de Saúde confirma que a morte aconteceu no mês passado.

De acordo com o município, a vítima era moradora do Rio de Janeiro e relatou, durante o atendimento médico, que esteve em Petrópolis apenas um dia. O homem, de 71 anos, era paciente oncológico e não havia se vacinado em decorrência do problema.

A Prefeitura também afirma que a Secretaria de Saúde realizou um levantamento com os moradores da região de Pedro do Rio, a partir da segunda quinzena de junho. Segundo o município, não há outros casos registrados no distrito, nem em outros bairros da cidade.

Ao todo, a cidade já aplicou 264.497 doses da vacina contra a febre amarela, que estão estão disponíveis em 15 postos.







Motorista perde controle do carro e cai dentro de valão atrás de Shooping

(Foto: Ralph Braz |Pense Diferente)
Um motorista identificado J.A.S., 36 anos perdeu o controle da direção e caiu com o veículo dentro de um valão no Parque Rodoviário, em Campos. Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no local e retiraram o motorista de dentro do carro.

A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Ferreira Machado (HFM). O estado de saúde do motorista ainda não foi divulgado.







Fonte:Ururau

Câmara do Rio veta abertura de processo de impeachment contra Marcelo Crivella


Por 29 votos a 16, a maioria simples, a Câmara do Rio vetou a abertura do processo para investigar o prefeito Marcelo Crivella. O resultado foi comemorado por vereadores da base governista e também pelos manifestantes pró-prefeito que assistiam à sessão extraordinária, que teve a presença de 47 dos 51 vereadores. Não estavam no plenário da Câmara do Rio os vereadores Carlos Bolsonaro (PSC), Chiquinho Brazão (Avante), Marcello Siciliano (PHS) e Verônica Costa (MDB).

Mesmo se fosse aprovado, o prefeito não seria afastado do cargo. Ele permaneceria na função durante os trabalhos da comissão, que teria 90 dias para analisar as denúncias feitas contra o prefeito. Reportagem de O GLOBO revelou na semana passada uma agenda secreta do prefeito com pastores evangélicos na qual ele prometeu uma série de facilidades, como agilidade para cirurgias de cataratas e varizes.

GALERIAS LOTADAS

Com galerias lotadas, a sessão começou pontualmente às 14h. O clima era bastante tenso dentro e fora da Câmara. Em galerias separadas, manifestantes a favor e contra o impeachment do prefeito trocavam palavras de ordem durante todo o tempo que os vereadores discursaram. Enquanto o grupo a favor do prefeito, na Galeria A, gritava "Crivella", o grupo na Galeria B gritava "fora". O barulho chegou a atrapalhar os discursos. Cada parlamentar teve apenas cinco minutos para falar.

Enquanto do lado de dentro da Câmara os manifestantes pró-Crivella estavam presentes em peso, do lado de fora a manifestação contra o prefeito tomou conta das escadarias da Câmara. Representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) estão com um carro de som discursando contra o prefeito. Um grupo menor, armado com apenas uma caixa de som, tentava fazer frente ao carro do Sepe, pedindo "fica Crivella" e "fora Freixo."

ARTICULAÇÕES POLÍTICAS

O prefeito Marcelo Crivella não perdeu tempo para se articular nos bastidores da Câmara dos Vereadores para recompor sua base e evitar que um processo fosse aberto. A costura política passou, principalmente, pelo fortalecimento do apoio do MDB. Para isso, ele convenceu Paulo Messina (PRB) a se manter no cargo e unir a base. Mesmo desgastado no estado por causa dos escândalos envolvendo o ex-governador Sérgio Cabral e as denúncias da Operação Lava-Jato, o partido, que conta com nove cadeiras, ainda é a maior bancada do Legislativo carioca.

O prefeito também promoveu mudanças no segundo escalão da administração municipal com o objetivo de recompor a base na Câmara do Rio. Na dança das cadeiras, saíram assessores que haviam sido indicados por Rosa Fernandes (MDB), Rafael Aloísio Freitas (MDB) e Marcelo Arar (PTB). Apesar disso, Messina afirma que as trocas já estavam decididas antes da crise atual.








Fonte: Extra 

Prova Ciclística de São Salvador: inscrições a partir desta sexta


Campos já se prepara para receber ciclistas de todo o Brasil na disputa da 74ª Prova Ciclística de São Salvador, que tradicionalmente é realizada em 6 de agosto, dia do padroeiro do município. O evento é organizado pela Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecierj) e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Campos. As inscrições começam a ser feitas a partir desta sexta-feira (13/07), pelo site www.fecierj.org.br.

Os ciclistas que desejarem participar da prova terão até o dia 2 de agosto para se inscrever. A expectativa do presidente da Fecierj, Rodrigo Rocha, é que este ano o número de participantes chegue a 400 atletas, superando o número de inscritos do ano passado, quando foi registrada a presença de 370 competidores.

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Raphael Thuin, nesta sexta-feira (13), às 10h, vai ser realizada uma reunião na sede da Guarda Municipal, com o comandante Fabiano Mariano, o presidente da Fecierj e demais autoridades para definir os detalhes para a realização da prova que é uma tradição na cidade e exigirá algumas intervenções em vias públicas, para garantir a segurança de todos os participantes.


“A Prova Ciclista de São Salvador, além de ser uma das mais antigas e tradicionais do país, é também um fomento à economia do município, considerando que a cidade recebe atletas de todo o Brasil, aquecendo o setor de hotelaria e alimentação. Além de movimentar o mercado informal” conclui Thuin. 

A 74ª Prova de São Salvador faz parte das comemorações do padroeiro da cidade. A largada acontecerá às 7h do dia 6 de agosto, na Avenida Alberto Torres, em frente à Câmara Municipal dos Vereadores e passando pela Avenida 28 de Março, até a Avenida Tenente Coronel Cardoso (antiga Rua Formosa), prosseguindo até a Avenida José Alves de Azevedo (Beira Valão), passando em frente ao Mercado Municipal, retornando pela Avenida Alberto Torres, totalizando um percurso de 3.650 km. O número de volta varia de acordo com o tempo e velocidade de categoria.

Este ano, a prova vai contar com mais 21 categorias, em cumprimento às exigências da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e da Fecierj e 6 categorias promocionais. A Prova Ciclística de São Salvador foi criada em 1944, por Geraldo Maria Ferraioulli em homenagem aos bravos veteranos da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que lutaram na Segunda Guerra Mundial.

“Desde então a prova virou uma tradição na cidade ocorrendo sempre no dia 6 de agosto”, disse o presidente da Fecierj, Rodrigo Rocha.





Fonte: Supcom

Pescador se afoga no rio Paraíba do Sul na manhã desta sexta-feira

(Foto: Ralph Braz | Pense Diferente)
Um pescador teria se afogado no rio Paraíba do Sul na manhã desta sexta-feira (13), próximo ao bairro Jardim Carioca, em Guarus.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e estão no local tentando reanimar o homem que ainda não foi identificado.

*Mais informações em instantes