vertv

Berenger

domingo, 15 de janeiro de 2012

FIM DE SEMANA DE MUITA VIOLÊNCIA EM SÃO JOÃO DA BARRA.FALTA SEGURANÇA


Segundo informações do portal OZK tiroteios e violência desenfreada afugentam veranista e frequentadores das praias de SJB. Para realização de eventos é preciso que se tenha planejamento e que os responsáveis pelos eventos também ofereçam segurança. 

As últimas notícias de São João da Barra mostram que aquele balneário se transformou em termos de violência em uma cidade do velho oeste americano. Observa-se que os freqüentadores das praias estão totalmente transtornados. Que pena que parte da imprensa esteja querendo jogar tudo para debaixo do tapete. 

Uma discussão por conta de jet-kis, no cais nos fundos da Igreja Nossa Senhora da Penha, em Atafona, acabou com três baleados. Segundo testemunhas, um grupo de pessoas estava atracando um jet-ski, enquanto um homem, identificado como agente penitenciário Daniel Menezes Pinheiro, de 27 anos, queria colocar o seu na água . Iniciou-se uma discussão, na qual o agente agente teria puxado uma arma e baleado um rapaz Douglas de Moura Monteiro, 17 anos, que levou três tiros e morreu. 

O atirador teria levado então um murro, caído no chão e efetuado mais três ou quatro disparos, atingindo mais duas pessoas o pai, Alessandro Pessanha Monteiro, 38 anos, e o tio de Douglas, Marcos Antônio Pessanha Monteiro, 48 anos . Socorridas na Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra, as vítimas estão sendo encaminhadas, neste momento, para o Hospital Ferreira Machado, em Campos. 

O suspeito teria fugido do local, mas acabaria interceptado e detido pela PM na BR 356. Ele está na 145ª DP, mas será também está sendo encaminhado para Campos, na 134ª DP, onde o delegado de plantão fará o registro de ocorrência.


A outra ocorrência foi a de um homem não identificado teria sacado uma arma de fogo e atirado contra o público durante show do cantor Tomate, na Praia de Grussaí, em São João da Barra.Dois cidadãos feridos foram levados para o Pronto Socorro de São João da Barra. Um deles levou um tiro no rosto, este seria morador do município de São João da Barra. O outro, ferido no abdómen, teve a arma apontada para si o tempo todo e é quem pode dizer o que realmente teria acontecido no local.